Notícia

Hélder Nunes tira uma Supercopa da 'cartola'

Jan 03, 2021

Foto de capa: FC Barcelona @ Twitter

O Barcelona conquistou a 11ª Supercopa da sua história ao vencer o Reus por 4-1. Hélder Nunes assinou um hat-trick. #Supercopa

Depois de duas meias-finais intensas, Barcelona e Reus defrontavam-se pela sexta vez na decisão da Supercopa, a Supertaça de Espanha.

O empate a três no Palau Blaugrana para a OK Liga e a demonstração de capacidade do Reus ao quebrar a invencibilidade do Liceo esta temporada geravam grande expectativa. Hélder Nunes desequilibrou.

O internacional português que chegou em 2019 aos blaugrana apontou o único tento da primeira parte e ampliou aos nove minutos da segunda, pouco depois de Raul Marin desperdiçar um livre directo. Marin – herói na véspera com um “poker” – redimiu-se e reduziu quase de imediato, mas, logo na jogada seguinte, Hélder fez o terceiro da sua conta pessoal e do Barcelona.

Com dois golos de vantagem, a equipa de Edu Castro mostrou toda a sua habilidade a gerir a partida, e fixaria o resultado final no derradeiro minuto, com Pau Bargalló a fazer, de livre directo, o 4-1 final.

O Barcelona confirmou o facto histórico de não deixar fugir mais do que duas edições consecutivas e conquistou a 11ª Supercopa - este ano a Supercopa ILERNA Online - em 17 edições oficiais, recuperando o título que conquistara pela última vez em 2017 e que fugira em 2018 para o Liceo e em 2019 para o Reus.

João Rodrigues e Hélder Nunes conquistam a prova pela primeira vez, juntando-se na galeria de vencedores a Henrique Magalhães (2016, Liceo) e Tiago Rafael (2019, Reus).

Meias-finais

• Noia 1-3 Barcelona (1-1, 0-2 prol.)

• Reus 7-5 Liceo

Final

• Barcelona 4-1 Reus

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade