Notícia

Jordi Bargalló regressa ao Noia

Feb 25, 2021

O L'Esportiu avança que Jordi Bargalló vai deixar a Oliveirense no final da temporada e regressar a casa. 19 anos depois, uma das maiores figuras do Hóquei em Patins de todos os tempos volta ao Noia. #Mercado #PrimeiraDivisão #OkLiga #NaImprensa

Jordi Bargalló já tem o seu lugar no panteão dos melhores de todos os tempos do Hóquei em Patins. Mas ainda há, pelo menos, mais um capítulo por escrever. No regresso a casa, no fechar do círculo.

Sendo praticamente certa a chegada do defensor Franco Platero a Oliveira de Azeméis era expectável que, pelas restrições de "não seleccionáveis" que entram em vigor em Portugal na próxima temporada, acontecesse a saída de um dos estrangeiros actualmente às ordens de Paulo Pereira. E Jordi Bargalló termina contrato no final da temporada.

Xavier Puigbi, Marc Torra, Lucas Martínez e Franco Ferruccio são os estrangeiros às ordens de Paulo Pereira para além de Jordi Bargalló.

Com 41 anos completos em Dezembro, Jordi Bargalló está na Oliveirense desde 2016, tendo chegado à final da Liga Europeia em 2017, em Lleida, depois de eliminar o Barcelona nas "meias". A equipa de Oliveira de Azeméis não transformou o "sonho maior" em realidade, caindo perante um surpreendente Reus, mas "vingar-se-ia" em Outubro do mesmo ano, conquistando a Taça Continental. Em 2019, a Oliveirense venceu a Taça de Portugal (será o detentor do troféu até 2022...), com Bargalló a selar o triunfo por 5-2 sobre o Benfica.

Esta temporada, Jordi Bargalló, com a braçadeira de capitão oliveirense, tem Campeonato Nacional e Liga Europeia para conquistar. Depois será o regresso a casa, 19 anos depois.

Regresso a Sant Sadurní

Na temporada de 1997/98, Jordi estreou-se pela equipa principal do Noia, emblema mais representativo de Sant Sadurní, localidade catalã onde nasceu e cresceu. No culminar dessa época, venceu a Taça CERS, ao lado de uns tais Edo Bosch, Marc Gual ou Pedro Gil, também ainda em busca do seu espaço nos seniores. 

Em 2002 rumou ao Liceo, onde estaria até 2016, apenas com um hiato de duas temporadas no Igualada (de 2006 a 08). Pelos galegos conquistou um OK Liga (2013), uma Taça CERS (2010, em Torres Novas) e três Ligas Europeias (2003, 2011 e 2012). Jordi Bargalló é uma lenda na Corunha. E uma lenda do Hóquei em Patins mundial.

Na selecção espanhola, integrou a invencível armada de Carlos Feriche, sagrando-se campeão da Europa em 2006, 2008, 2010 e 2012 e campeão do Mundo em 2007, 2009, 2011 e 2013. Representaria "La Roja" pela última vez em 2016, capitaneando-a no Europeu. Em Oliveira de Azeméis.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade