Notícia

Reus impõe o 'pecado' permitido

Mar 22, 2021

Foto de capa: Sara Gordon @ FC Barcelona

O Reus, mesmo sem Marin, voltou a empatar o Barcelona. Apesar do golo de Hélder Nunes, os blaugrana 'gastaram' o deslize que podiam ter para assegurar o título mesmo que o Liceo vença todos os seus jogos. #OkLiga

No regresso do público ao Palau d'Esports, o Reus impôs uma igualdade a um ao Barcelona.

Desta feita, Jordi Garcia não contou com os golos de Raul Marin, lesionado. Na primeira volta, no empate a três no Palau Blaugrana, Marin apontara os três golos do Reus.

Agora, a aposta dos "roginegros" foi num bloco defensivo sólido, eficaz, e uma maior eficácia nas bolas paradas poderia mesmo ter valido os três pontos.

Foi uma primeira parte sem golos, em que nem João Rodrigues, nem Marc Julià conseguiram bater os guarda-redes adversários em soberanas oportunidades de livre directo. Na segunda metade, logo aos três minutos, Julià inaugurou o marcador e o Reus fechou ainda mais.

Três minutos volvidos sobre o tento inaugural, o Reus perdeu a oportunidade de dilatar num livre directo de Àlex Rodriguez parado por Sergi Fernandez, e veria o Barcelona igualar de grande penalidade. Hélder Nunes bateu Candid Ballart.

Faltavam largos 17 minutos e o Barcelona carregou em busca da reviravolta. Na tentativa de derrubar o muro erguido por Jordi Garcia, a equipa de Edu Castro ter-se-á ressentido da ausência de Pau Bargalló, a cumprir castigo por uma série de cinco cartões azuis, e não voltaria a marcar.

Pablo Alvarez, num ano particularmente desinspirado da marca de livre directo, voltou a desperdiçar a oportunidade que teve, e Marc Julià, formado no Barcelona, não faria melhor na outra baliza. O Reus ainda teve dois minutos de vantagem numérica, por azul a Alabart, mas nem assim desequilibraria a contenda.

O Barcelona tem agora 65 pontos, mais sete que o Liceo, que - sem jogar em Vendrell, num dos três jogos adiados da jornada - fica com dois jogos em atraso. Num cenário idílico em tons de verde do Liceo somar por vitórias todos os seus jogos até final, o Barcelona não pode voltar a "deslizar" para assegurar o oitavo título consecutivo na OK Liga.

Nos restantes jogos da ronda realizados, destaque para o triunfo do Caldes frente ao Mataró, lanterna-vermelha, por 5-3, que vale a consolidação do terceiro lugar. Girona e Palafrugell dividiram pontos (2-2), ao passo que o Voltregà, em Calafell (3-5), e o Lleida, na recepção ao Tarafell (5-2), confirmaram o favoritismo.

Destaque no plano individual para mais dois golos de Eloi Mitjans que, num Calafell que luta pela manutenção, soma 14 golos nos últimos sete jogos.

24ª jornada

• Calafell 3-5 Voltregà

Caldes 5-3 Mataró

Lleida 5-2 Taradell

• Girona 2-2 Palafrugell

• Reus 1-1 Barcelona

• Noia vs. Lloret • adiado

• Vendrell vs. Liceo • adiado

• Igualada vs. Vic • adiado

Classificação

1º Barcelona (65 pontos / 24 jogos)

2º Liceo (58 / 22)

3º Caldes (51 / 24)

4º Lleida (45 / 23)

5º Reus (45 / 23)

6º Voltregà (37 / 24)

7º Noia (33 / 22)

8º Girona (31 / 24)

9º Palafrugell (30 / 22)

10º Calafell (27 / 24)

11º Lloret (23 / 23)

12º Vendrell (22 / 22)

13º Taradell (22 / 24)

14º Igualada (20 / 22)

15º Vic (10 / 23)

16º Mataró (6 / 24)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade