Notícia

Empate condena Noia

Apr 11, 2021

O Noia logrou empatar com o Óquei de Barcelos, mas não evitou o afastamento da Final Four. Miguel Rocha assinou um hat-trick. #LigaEuropeia

No primeiro jogo do segundo dia da fase preliminar da Liga Europeia, o Noia foi o primeiro a conhecer a impossibilidade de marcar presença na Final Four da mais importante prova de clubes.

Vindo de uma derrota com o Porto por três golos, a equipa de Ferran López tinha de vencer o Óquei de Barcelos para manter aspirações, mas os barcelenses também chegam a esta prova com ambições próprias.

O Noia inaugurou o marcador por Jordi Ferrer, ainda não estavam cumpridos cinco minutos, mas Miguel Rocha igualou volvido menos de um minuto, num remate forte e cruzado da esquerda. Um percalço numa primeira parte melhor conseguida pelos catalães. Com o Barcelos a acusar alguma ansiedade, o Noia chegaria ao intervalo a vencer por 3-1, com golos de Xavi Costa e Pol Manrubia.

A segunda parte foi diferente. Com oito minutos jogados, duas bolas paradas já tinham anulado a vantagem catalã. Luís Querido marcou de grande penalidade (na recarga) e Dario Gimenez foi eficaz, na sua genialidade muito própria, de livre directo.

A igualdade no marcador que não satisfazia de forma nenhuma o Noia e sabia a pouco ao Óquei tornou o jogo muito tenso, com muitas picardias. A tentar segurar o jogo, Luis Peixoto teve de mostrar azul a Dario Gimenez e Xavi Costa para irem "refrescar as ideias".

A meio desta segunda parte, nova arrancada pela esquerda de Miguel Rocha, culminada em novo remate forte e cruzado, resultaram em novo golo, na primeira vantagem barcelense no jogo.

O Noia procurou reagir, para evitar o afastamento definitivo desde logo, e virou o resultado. Xavi Costa e Pol Manrubia (este de livre directo) obrigaram o Óquei de Barcelos a um tudo por tudo. Miguel Rocha selou o seu hat-trick com o 5-5 a dois minutos do fim.

No final da partida, Ferran López reconheceu as dificuldades do Noia em termos de plantel, a acusar o desgaste das duas partidas consecutivas, ao passo que Rui Neto, reconhecendo uma má primeira parte, elogiou o trabalho feito pela sua equipa na segunda.

Este domingo, o Óquei de Barcelos tem de vencer o Porto para se apurar em primeiro do grupo. Ao Porto bastará um empate.

Jogos

Sexta-feira, 9 de Abril

• Grupo A • Porto 7-4 Noia

• Grupo B • Sporting 5-3 Reus

• Grupo C • Barcelona 2-2 Liceo

Sábado, 10 de Abril

• Grupo A • Noia 5-5 Óquei de Barcelos

• Grupo B • Reus 1-5 Oliveirense

• Grupo C • Liceo 2-7 Benfica

Domingo, 11 de Abril

• Grupo A • Óquei de Barcelos vs. Porto • 14h

• Grupo B • Oliveirense vs. Sporting • 17h

• Grupo C • Benfica vs. Barcelona • 20h

Classificação

Grupo A

1º Porto (1 jogo, 3 pontos, +3 golos, 10 faltas)

2º Óquei de Barcelos (1 jogo, 1 ponto, +0 golos, 10 faltas)

3º Noia (2 jogos, 1 ponto, -3 golos, 38 faltas)

Grupo B

1º Oliveirense (1 jogo, 3 pontos, +4 golos, 11 faltas)

2º Sporting (1 jogo, 3 pontos, +2 golos, 18 faltas)

3º Reus (2 jogos, 0 pontos, -6 golos, 29 faltas)

Grupo C

1º Benfica (1 jogo, 3 pontos, +5 golos, 15 faltas)

2º Barcelona (1 jogo, 1 ponto, -5 golos, 21 faltas)

3º Liceo (2 jogos, 1 ponto, +0 golos, 33 faltas)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade