Notícia

Play-off arranca este sábado

Apr 22, 2021

O play-off regressa para decidir o novo campeão nacional. Nos quartos-de-final, os melhores classificados partem com um teórico favoritismo pelos resultados da fase regular. Entre Benfica e Oliveirense, um dos candidatos "salta" fora... #PrimeiraDivisão

12 anos depois da última decisão em play-off, a fase a eliminar que muitos preconizam como a mais espectacular para a atribuição do título regressa com a promessa de grandes jogos. Mas sem público...

O play-off arranca com um jogo na casa do mais bem classificado (todas as rondas começarão assim), seguindo-se um jogo na casa do mais mal classificado. Com os quartos-de-final jogados à melhor de três, se for necessário um terceiro jogo, a série será decidida na casa do mais bem classificado.

Porto vs. Juventude de Viana

O Porto chega ao play-off numa sequência de 20 jogos sem perder para o campeonato, com 18 vitórias e dois empates. Antes, titubeante a acusar a ausência de Carlo Di Benedetto, recebeu e venceu a Juventude de Viana no Dragão Arena por 4-2.

O guarda-redes Bruno Guia foi a grande figura de uma primeira parte que terminaria empatada a um, e os vianenses até se adiantaram no início da segunda. Mas o Porto, "intratável" na sua fortaleza, viraria o marcador.

Em Fevereiro, os dragões fechariam a melhor série de triunfos (nove) na prova com uma vitória por seis golos sem resposta. A equipa de André Azevedo voltou a conseguir suster o poder ofensivo contrário, chegando ao intervalo apenas com um golo consentido, mas na etapa complementar foi vítima de um Porto que estava demolidor.

Sporting vs. Valongo

A pandemia levou ao adiamento do primeiro jogo entre Sporting e Valongo e as duas equipas acabaram por se defrontar - na corrida para terminar a fase regular - duas vezes no espaço de 15 dias, a 14 de Março e 2 de Abril.

No João Rocha, o Valongo impôs aos leões o único empate caseiro da temporada, sendo que a equipa de Paulo Freitas só perdeu mais pontos no seu reduto frente ao Benfica. O feito impõe respeito a um Sporting que não deixa de ser favorito, até porque, na resposta, numa demonstração de força e com Ferran Font inspirado (assinou um poker) venceria por 4-7 no Municipal de Valongo.

Óquei de Barcelos vs. Tomar

O Óquei de Barcelos chega aos quartos-de-final com dois triunfos sobre o Tomar, mas de sobreaviso com os nabantinos que, vindos da II Divisão, reclamaram o melhor lugar possível à margem dos cinco assumidos candidatos.

Em Novembro, no Municipal de Barcelos, a equipa de Rui Neto venceu por 7-3, num resultado que ganharia expressão apenas nos três minutos finais, depois do Tomar ter relançado o jogo com o 4-3 a sete minutos do fim.

Já em Março, o Óquei de Barcelos tornar-se-ia a segunda equipa (a outra foi o Sporting) a lograr vencer no Municipal de Tomar, por 3-4. O jogo, com muita polémica, em que até o vencedor técnico barcelense apontou erros à dupla de arbitragem, valeu a Nuno Lopes um castigo de cinco jogos por críticas aos órgãos de comunicação social.

O treinador falha assim todos os possíveis três jogos frente ao Óquei de Barcelos, mas, com o sexto lugar garantido cedo, teve tempo para preparar a sua equipa para o desafio a eliminar.

Benfica vs. Oliveirense

Para o duelo que terminará com o afastamento de um dos candidatos ao título, Benfica e Oliveirense já se defrontaram esta época em três ocasiões.

Em Novembro, o Benfica venceu em Oliveira de Azeméis por 3-5, mas depois deu empate, no prenúncio de uma série muito equilibrada.

Na novel Taça 1947, em Dezembro e no Luso, houve empate a três. A decisão nas grandes penalidades pendeu para as águias - que viriam a vencer a prova - com um resultado final de 7-5, mas a Oliveirense expôs a sua revolta perante eventuais erros arbitrais, entre os quais um possível golo não validado.

As equipas voltaram a encontrar-se a 28 de Fevereiro, em dia de aniversário das águias, para novo empate, agora a dois. A Oliveirense, em muito bom plano, impunha à equipa de Alejandro Dominguez o segundo empate da temporada na Luz (só o Sporting o conseguira até então) na promessa de uns quartos-de-final de igual-para-igual.

Quartos-de-final - Jogo 1

• Porto vs. Juventude de Viana • 24.Abr • 14h

• Sporting vs. Valongo • 24.Abr • 21h

• Óquei de Barcelos vs. Tomar • 24.Abr • 18h

• Benfica vs. Oliveirense • 24.Abr • 15h

Quartos-de-final - Jogo 2

• Juventude de Viana vs. Porto • 1.Mai • 12h

• Valongo vs. Sporting • 1.Mai • 18h30

• Tomar vs. Óquei de Barcelos • 1.Mai • 18h

• Oliveirense vs. Benfica • 1.Mai • 21h

Quartos-de-final - Jogo 3 (se necessário)

• Porto vs. Juventude de Viana • 5.Mai • 20h

• Sporting vs. Valongo • 5.Mai • 20h

• Óquei de Barcelos vs. Tomar • 5.Mai • 18h

• Benfica vs. Oliveirense • 5.Mai • 19h

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade