Notícia

Arma (pouco) secreta leva Benfica e Oliveirense à 'negra'

May 02, 2021

No duelo mais equilibrado, aquele "nico" que faz a diferença, esteve do lado do Benfica. No regresso 50 dias depois, Nicolia fez dois golos e uma assistência no 1-6 sobre a Oliveirense. O Porto, já nas meias, aguarda adversário. #PrimeiraDivisão

Benfica e Oliveirense protagonizam uma série que terminará com o afastamento de um assumido candidato ao título já nos quartos-de-final, com "direito" a férias - o mais tardar - a 5 de Maio. E o duelo que se antevia mais equilibrado vai ter mesmo a única "negra", o terceiro jogo de todas as emoções, da ronda.

Depois de uma derrota no primeiro jogo na Luz, o Benfica viajava até Oliveira de Azeméis a ter de ganhar para se manter vivo. Um revés com uma intervenção cirúrgica a Miguel Vieira levou à chamada de Carlos Nicolia, ausente dos convocados desde 10 de Março. E o argentino foi decisivo, quiçá aquele "nico" ("pequena quantidade" no dicionário), o pormenor que desequilibra jogos.

Logo nos primeiros instantes de jogo, Pedro Moreira viu um azul que levou Gonçalo Pinto para a marca de livre directo. Sem golo, o Benfica procurou o golo em vantagem numérica, mas nem a chamada de Carlos Nicolia à pista resolveria. No entanto, pouco depois de estar reposta a igualdade numérica, Nicolia serviu num movimento característico Lucas Ordoñez para o 0-1, naquele que seria o único golo na primeira parte.

Com uma dinâmica e intensidade que não foi vista no primeiro jogo, as águias chegaram ao intervalo a vencer e, com Pedro Henriques totalmente eficaz nas bolas paradas (defenderia duas grandes penalidades e um livre directo), mostrariam também acerto ofensivo.

Aos 12 minutos, Diogo Rafael serviu Aragonès para o 0-2, numa falha defensiva gritante da Oliveirense. Que voltaria a mostrar desacerto no 0-3, dando muito espaço a Nicolia para armar o remate.

A Oliveirense procurou reagir, mas o "plus" anímico estava do lado das águias. A novo passe letal de Diogo Rafael, Valter Neves respondeu para o 0-4 a seis minutos do fim. E, de livre directo, Rampulla ampliaria para cinco golos sem resposta. O também argentino "Tato" Ferruccio ainda reduziu, mas caberia a outro jogador do país das pampas fechar as contas. Nicolia bisou para o 1-6 final.

As duas equipas voltam a encontrar-se na quarta-feira para decidirem quem avança para as meias-finais, onde o Porto já aguarda adversário. Quem passar, joga sábado no Dragão Arena.

Resolvido na segunda parte

No play-off, faz mais sentido do que nunca a máxima do "perdido por um, perdido por mil" e, depois da pesada derrota no Dragão Arena por 8-1, a Juventude de Viana começava o jogo com o foco numa vitória, nem que fosse tangencial, que valeria terceiro jogo.

Os pupilos de André Azevedo realizaram uma primeira parte muito sólida e, com um golo de Pedro Batista, chegaram mesmo ao intervalo a vencer. No entanto, como no jogo da primeira fase no Municipal José Natário (0-6), o Porto regressou dos balneários com outra eficácia.

Xavi Barroso igualou muito cedo, Gonçalo Alves consumou a reviravolta aos nove minutos e o mesmo Gonçalo fez o 1-3 a meio destes segundos 25 minutos. A Juventude de Viana procurou reduzir, mas a partida não veria mais golos e os dragões selavam o apuramento para a meia-final.

Independentemente do adversário ser Benfica ou Oliveirense, o Porto tem "vantagem casa" em qualquer que seja a ronda do play-off em virtude da vitória na fase regular. Os dois primeiros jogos da série que se inicia a 8 de Maio serão no Dragão Arena, seguindo-se dois jogos na Luz ou em Oliveira de Azeméis e, caso haja lugar a "negra", será disputada na fortaleza dos dragões.

Quartos-de-final - Jogo 1

Porto 8-1 Juventude de Viana [1-0]

• Benfica 1-2 Oliveirense [0-1]

Óquei de Barcelos 7-4 Tomar [1-0]

Sporting 4-2 Valongo [1-0]

Quartos-de-final - Jogo 2

• Juventude de Viana 1-3 Porto [0-2]

• Tomar 4-5 Óquei de Barcelos (3-3, 1-2 gp) [0-2]

• Valongo 2-3 Sporting [0-2]

• Oliveirense 1-6 Benfica [1-1]

Quartos-de-final - Jogo 3 (se necessário)

• Benfica vs. Oliveirense • 5.Mai • 19h

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade