Notícia

Benfica oficializa 'adeus' e novo cargo do capitão Valter Neves

Jun 10, 2021

O Benfica oficializou o fim da carreira de Valter Neves e confirmou uma nova ligação à equipa que representou como atleta em 17 temporadas. Valter será "team manager" a partir da próxima época. #Mercado #PrimeiraDivisão

Não foi a despedida desejada, mas Valter Neves despede-se com o feito de ter erguido todos os troféus possíveis como capitão do Benfica.

Chegado às águias em 2004, Valter Neves assumiu a braçadeira em 2008 ainda sem qualquer título oficial conquistado. Depois ergueria 17, conquistando um indiscutível lugar de destaque na História do clube da Luz.

Confirmado o fim de carreira, o Benfica anuncia também a "nova vida" de Valter Neves, agora sem patins. O capitão passará a "team manager" da equipa principal, assumindo o lugar de Aristides Meireles, e a braçadeira deverá ser assumida por Pedro Henriques, sub-capitão nas últimas temporadas.

No virar de página, fica uma breve cronologia de Valter Neves ao serviço do Benfica. Como é apanágio nas despedidas, apenas com bons momentos:

2004/05 - Chega à Luz proveniente do Paço de Arcos, com Carlos Silva, Pedro Afonso, Ricardo Barreiros e Rui Ribeiro;

2008/09 - Com a saída de Mariano Velazquez assume definitivamente a braçadeira de capitão;

2009/10 - Vence a Taça de Portugal, em Paço de Arcos, no primeiro título oficial pelo Benfica;

2010/11 - Vence a Supertaça António Livramento no arranque da temporada e a Taça CERS, na catalã Vilanova i la Geltrù, no regresso do Benfica aos títulos europeus 20 anos depois;

2011/12 - Vence a Taça Continental, por falta de comparência do Liceo, e sagra-se pela primeira vez Campeão Nacional. O título escapava há 14 anos ao Benfica;

2012/13 - Vence, no Dragão Caixa e numa final frente ao anfitrião e arqui-rival Porto, a primeira Liga Europeia da história dos encarnados;

2013/14 - Vence a Taça Continental e a Taça de Portugal;

2014/15 - Faz a "dobradinha", com a conquista do Campeonato Nacional e da Taça de Portugal, algo que o Benfica não lograva há 20 anos;

2015/16 - Sagra-se bicampeão nacional e conquista pela segunda vez a Liga Europeia, desta feita no pavilhão da Luz. As conquistas seriam confirmadas e celebradas no mesmo fim-de-semana;

2016/17 - Vence pela terceira vez a Taça Continental;

2017/18 - Vence a oficiosa Elite Cup e a reformulada Taça Intercontinental, na primeira edição em Final Four;

2020/21 - Vence a primeira edição da Taça 1947.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade