Notícia

CACO na Supertaça Feminina

Aug 14, 2021

O CACO é o escolhido para viabilizar a disputa da Supertaça Feminina face à ausência do Infante de Sagres. A equipa do popular bairro lisboeta reeditará com o Benfica a última edição disputada. #SupertaçaFeminina

A não inscrição da equipa feminina do Infante de Sagres na nova temporada levantou um problema federativo quanto à disputa da Supertaça. Finalistas vencidas da Taça de Portugal, caberia às "Infantas" o lugar na discussão do primeiro troféu oficial da época.

Face à dupla conquista do Benfica de Campeonato Nacional e Taça de Portugal, a escolha do Infante de Sagres como finalista vencido já era uma solução de recurso. A única solução de recurso prevista em regulamento.

A decisão - como em todos os casos omissos - ficava nas mãos da FPP, que anunciou em comunicado a escolha do CACO. "Em virtude de o Clube Infante de Sagres ter oficializado a sua não participação na corrente Época 2021/2022 da equipa de Seniores Femininos, foi necessário preencher esta vaga com a inclusão do Clube Atlético Campo de Ourique.", pode ler-se.

O critério não é esclarecido, mas o CACO foi afastado nas meias-finais da Taça de Portugal pelo Infante de Sagres (por 5-3) e seria a equipa que marcaria presença na final caso a equipa portuense não tivesse estado. Como não estará em 2021/22.

Para além de ter chegado às meias-finais da Taça, o CACO venceu o Grupo 2 na segunda fase do Campeonato Nacional (sem derrotas), mas não logrou o apuramento para o play-off de decisão do título, terminando a prova em 12º. No entanto, para a história fica a participação na europeia Taça da Liga Feminina apesar do afastamento logo no primeiro jogo, nos quartos-de-final, frente ao poderoso Gijón.

Na discussão da Supertaça, agendada para 25 de Setembro, o CACO procurará impedir que o Benfica conquiste a prova pela oitava vez consecutiva, não tendo esta sido disputada em 2020 devido ao cancelamento de Campeonato Nacional e Taça de Portugal na "pandémica" temporada de 2019/20.

Na última edição disputada, em 2019, o Benfica ergueu o troféu ao vencer o CACO por 4-0 em Coimbra.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade