Notícia

Indignados, mas não demasiado

Sep 16, 2021

Há uma ruptura entre os clubes da EHCA e a World Skate Europe por alegada quebra de compromisso. Mas, Liga Europeia à parte, os eternos rivais de Lisboa, Sporting e Benfica, vão a jogo noutras provas do organismo europeu. #CompetiçõesEuropeias

O verniz estalou definitivamente entre a World Skate Europe (WSE) e auto-estabelecida Associação Europeia de Clubes (EHCA).

Os clubes integrantes da EHCA - Barcelona, Benfica, Caldes, Forte, Liceo, Noia, Oliveirense, Óquei de Barcelos, Porto, Reus, Saint-Omer e Sporting - concordaram em renunciar à participação na Liga Europeia, para que estavam inscritos, comunicando a sua decisão antes do sorteio da mais importante prova europeia de clubes.

A EHCA já justificara uma possível renúncia - que se concretizou - "perante a falta de respeito demonstrado pela WSE à World Skate" no acordo que o organismo mundial terá estabelecido com a EHCA. No entanto, a instituição "desrespeitosa" com a qual a EHCA entrou em ruptura é a mesma que organizará, por exemplo, a Taça Continental e a Taça da Liga Feminina. Em que, respectivamente, Sporting e Benfica estarão presentes.

"Percebemos que, em termos de hóquei, há qualquer coisa que obviamente tem de mudar e eu fico satisfeito por o meu clube fazer parte dessa mudança que se pretende", diria Paulo Freitas, treinador leonino, na Elite Cup. Mas sem deixar de relevar a participação na Taça Continental. "Acho que devemos estar presentes nessa competição, tentar conquistar mais um troféu, e - daqui para a frente - estamos nas mãos daquilo que o clube, conjuntamente com todos os outros clubes, decidirem e estamos preparados para tudo", afirmaria. Paulo Freitas vincou ainda a justiça da prova se disputar apenas entre os vencedores das provas europeias e não em Final Four, o modelo que estava definido e cuja alteração foi contestada pelo Porto.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade