Notícia

Hugo Santos deixa Porto e reforça Sanjoanense

Dec 31, 2021

Sem oportunidades no Porto, Hugo Santos regressa, meio ano depois, à Sanjoanense. O jovem atacante português tentará acrescentar golos na complicada missão de permanência dos alvinegros. #Mercado #PrimeiraDivisão

Meio ano depois, Hugo Santos está de regresso à Sanjoanense.

O atacante internacional jovem português de 21 anos não foi opção nas convocatórias de Ricardo Ares e, em busca dos necessários minutos para a desejada afirmação regressa à "sua" Sanjoanense.

Natural de São João da Madeira, Hugo Santos cedo mostrou aptidão para desfeitear os guarda-redes adversários. Começou na Sanjoanense e ali regressou ainda em formação depois de ter representado Porto, Valongo e Oliveirense.

Campeão do Mundo de Sub-20 em 2017, na China, foi aposta do Benfica. Sagrou-se campeão nacional da II Divisão pela equipa "B" dos encarnados e, apesar da sua "tenra" idade, até jogou - e marcou - pela equipa principal. "Fugiria" para os dragões em 2018, numa contratação anunciada com pompa e com contrato de quatro temporadas, cujo termo estava apontado ao final desta época, mas é assim precipitado.

Depois de uma primeira temporada às ordens de Guillem Cabestany sem os minutos desejados, perdeu os primeiros jogos de 2019/20 por lesão e rumaria no "mercado de Inverno" à Sanjoanense. Acabaria por ficar ano e meio, ajudando a concretizar duas manutenções da Sanjoanense.

Com a saída de Cabestany e a mudança de projecto no Dragão, Hugo Santos apostou no regresso, mesmo com o desafio de se impôr num plantel de 11 jogadores. Não havendo oportunidades, leva os seus golos para "casa".

Missão de permanência

Com muitas mudanças no último defeso, a missão de permanência da Sanjoanense, que regressou à I Divisão em 2019, não se afigura fácil.

Com apenas três pontos - conseguidos na penúltima jornada da primeira volta - em 13 jogos, a Sanjoanense é lanterna-vermelha da I Divisão desde a 2ª jornada, contando com a segunda pior defesa (com 5.3 golos sofridos por jogo) e o terceiro pior ataque (pouco mais de 3 golos por jogo).

Já afastada da Taça de Portugal, a Sanjoanense começa 2022 com a recepção ao Benfica no dia 8. No dia 15, o compromisso é europeu, com os alvinegros a jogarem na Catalunha, na pista do Calafell, depois de um empate a cinco na primeira jornada do grupo C da Taça WSE. Nesse jogo, Hugo Santos poderá reencontrar Sergi Miras, seu companheiro no Porto em 2019.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade