Notícia

Confirmação de uma candidatura e de uma missão complicada

Feb 21, 2022

Foto de capa: Sport Lisboa e Benfica - Modalidades

A jogo na segunda jornada da Taça da Liga Feminina, o Benfica voltou a vencer o Voltregà na Luz e deu um passo para a Final Four. A Sanjoanense, derrotada pelo Palau, detentor do título, tem o sonho do apuramento muito complicado. #TaçaDaLigaFeminina

O Voltregà é a equipa com mais títulos na competição europeia de clubes, mas, somando já quatro derrotas (em outros tantos jogos) na Luz e dado o momento actual, era um adversário - mais do que nunca - ao alcance do Benfica. E as encarnadas não desiludiram, vencendo por 6-1.

Na segunda jornada da fase de grupos da Taça da Liga Feminina, era imperioso para as águias conquistar os três pontos e Raquel Santos deu o mote com o primeiro golo logo nos primeiros instantes da partida. A vantagem encarnada foi anulada quase de pronto por Esther Vistos, mas a equipa orientada por António Pinto ("Toni") - no lugar do "isolado" Paulo Almeida - não esmoreceu.

Aos nove minutos, Beatriz Figueiredo faria o 2-1, e não mais as águias largaram a liderança do marcador. Dois golos da chilena Cata Flores levaram o Benfica a vencer por 4-1 para o intervalo, regressando para uma segunda parte segura perante um Voltregà capitaneado por uma Aina Arxé que representou as encarnadas em 2018/19, mas não vingou. Maria Sofia Silva e Raquel Santos confirmariam um triunfo que coloca as encarnadas, ainda que seja muito cedo, em excelente posição de apuramento para o play-off.

Pese o 2º lugar "ex aequo" com o Voltregà (mas agora com vantagem no confronto directo), as encarnadas defrontarão as duas equipas francesas e garantirão, sem olhar a demais resultados, um dos dois primeiros lugares que valem a presença no play-off se vencerem essas duas partidas em que são favoritas.

No outro jogo do grupo, o Gijón goleou o Coutras da portuguesa Vânia Ribeiro por 0-11, com hat-tricks da ex-benfiquista Marta Piquero - que abriu e fechou o marcador - e de Rebeca González.

Grupo A

Gijón 3-1 Benfica • 5.Fev • 19h

Voltregà 6-0 Noisy • 5.Fev • 17h30

• Coutras 0-11 Gijón • 19.Fev

Benfica 6-1 Voltregà • 19.Fev

• Noisy vs. Coutras • 5.Mar

• Gijón vs. Voltregà • 5.Mar

• Noisy vs. Gijón • 19.Mar

• Coutras vs. Benfica • 19.Mar

• Benfica vs. Noisy • 9.Abr

• Voltregà vs. Coutras • 9.Abr

Classificação: 1º Gijón (6 pontos / 2 jogos), 2º Benfica (3/2), 3º Voltregà (3/2), 4º Noisy (0/1), 5º Coutras (0/1)

Sanjoanense já em (esperados) apuros

Não tendo sido bafejada pela sorte no sorteio, a Sanjoanense sofreu o segundo desaire em duas partidas, num grupo que claramente será disputado pelas três (poderosas) equipas catalãs.

Este sábado, a equipa de São João da Madeira recebeu o Palau, nada menos que as vigentes campeãs espanholas e europeias em título, e, pese a garra demonstrada pelas portuguesas, faltaram argumentos para evitar a derrota por 0-4.

Berta Busquets inaugurou o marcador aos três minutos, naquele que seria o único golo da primeira metade de jogo. Na segunda, a goleadora Aina Florenza, já uma das melhores - senão a melhor - jogadoras do Mundo, ampliou aos dois minutos e, bisando aos 13, "matou" definitivamente o jogo. Mariona Colomer fechou as contas.

Em cena, entrou nesta segunda jornada o Manlleu, com uma deslocação a Itália. Apesar da boa imagem deixada pelas italianas na pista do Palau na primeira ronda [ndr: derrota por "apenas" 4-1], as catalãs, que perseguem (há muito) o título europeu, foram categóricas, vencendo por 0-8. Joana Comas esteve em destaque com um poker, marcando de uma assentada quase tantos golos como os cinco que leva em toda a temporada em Espanha.

Grupo B

Cerdanyola 9-1 Sanjoanense • 5.Fev • 20h

Palau 4-1 Roller Matera • 5.Fev • 20h

• Manlleu vs. Cerdanyola • data a definir

• Sanjoanense 0-4 Palau • 19.Fev

• Roller Matera 0-8 Manlleu • 19.Fev

• Cerdanyola vs. Palau • 5.Mar

• Roller Matera vs. Cerdanyola • 19.Mar

• Manlleu vs. Sanjoanense • 19.Mar

• Sanjoanense vs. Roller Matera • 9.Abr

• Palau vs. Manlleu • 9.Abr

Classificação: 1º Palau (6 pontos / 2 jogos), 2º Cerdanyola (3 pontos / 1 jogo), 3º Manlleu (3/1), 4º Roller Matera (0/2), 5º Sanjoanense (0/2)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade