Notícia

Tomar vence em Turquel

Mar 16, 2022

Em jogo em atraso da 14ª jornada, o Tomar venceu em Turquel por 1-3, regressando às vitórias depois de dois desaires. A equipa da Aldeia do Hóquei tarda em sair do último lugar. #PrimeiraDivisão

Foi um jogo marcado antes da sua realização por uma troca de comunicados. O Tomar alegou várias baixas por doença (gripe A), impeditivas de treinar, para pedir o adiamento do jogo, mas - dado que só a CoViD-19 é regulamentarmente aceite como motivo para adiamento - era necessário o entendimento entre os clubes. Que não foi alcançado.

O Turquel esclareceu que sugeriu nova dada [ndr: na semana prévia ao compromisso tomarense para a Liga Europeia], não aceite pelos tomarenses, que contrapuseram com outra data. Não aceite pelos turquelenses. E houve jogo esta terça-feira.

O Tomar entrou forte e obrigou Guillem Pérez a pedir um desconto de tempo com apenas três minutos e meio jogados. Mas não resolveu. Pouco depois, ainda não estavam cumpridos cinco minutos, Lucas Honório conduziu o contra-ataque e serviu Guilherme Silva para o tento inaugural.

A equipa orientada por Nuno Lopes - antecessor de Pérez no comando técnico do Sporting entre 2014 e 2016 - teve o controlo do jogo durante largos minutos, mas foi-se dissipando com o aproximar do intervalo. E seria um pouco contra a corrente do jogo - e muito facilitado pela defensiva contrária - que o capitão Ivo Silva faria, em iniciativa individual, o 0-2. Antes do intervalo, Rúben Sousa ainda dispôs de um livre directo, mas não conseguiu bater Diogo Almeida.

O azul a Xavi Lourenço que permitira o livre directo no fecho da primeira parte, dava vantagem numérica aos tomarenses no início da segunda, mas sem resultados práticos. O Tomar acabou por ser muito perdulário, com mérito para as intervenções de Diogo Almeida em particular no duelo com o jovem Lucas Honório, muito activo no regresso à casa onde nasceu - como tantos outros - para o Hóquei em Patins.

Aos seis minutos, Tomás Moreira revisitava o último jogo na Aldeia do Hóquei entre Turquel e Tomar, desperdiçando um livre directo. Como, com a camisola dos anfitriões a 4 de Novembro de 2020, desperdiçara na derrota turquelense por 2-4. Desta feita, de verde-e-branco, sairia vencedor. E selando a vitória.

Antes, o Turquel carregou em busca do golo. Brilhou Francisco Veludo com um punhado de boas intervenções, negando, por exemplo, o golo de livre directo a Vasco Luís, a cinco minutos do final. Com pouco mais de três para jogar, Tiago Mateus lograva enfim bater Veludo e relançava o jogo.

O Tomar conseguiu manter a cabeça fria e, com poucos segundos para jogar, Tomás Moreira teve o esclarecimento de fintar um Diogo Almeida que saíra da baliza para tentar a recuperação de bola e rematou para a baliza deserta, dando a estocada final na partida.

A equipa de Nuno Lopes regressa às vitórias depois das derrotas com Benfica e Juventude de Viana e está agora com nove pontos de vantagem sobre o Paço de Arcos, primeira equipa fora dos lugares de play-off.

O Turquel de Guillem Pérez, sem somar dois jogos consecutivos a perder, também não consegue somar dois consecutivos a pontuar e mantém-se no último lugar, com nove pontos, a três do Marinhense e a quatro do Parede, que recebe no próximo sábado.

Esta quarta-feira, com a deslocação do Benfica a Braga, o calendário ficará acertado, mas não por muito tempo. O Valongo acedeu ao pedido de adiamento do Tomar e a partida, prevista para sábado, será agendada para nova data.

Classificação

1º Porto (49 pontos), 2º Óquei de Barcelos (48), 3º Sporting (44), 4º Benfica* (43), 5º Oliveirense (41), 6º Valongo (33), 7º Tomar (33), 8º Braga* (26), 9º Paço de Arcos (24), 10º Juventude de Viana (17), 11º Sanjoanense (13), 12º Parede (13), 13º Marinhense (12), 14º Turquel (9)

*menos um jogo

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade