Notícia

Sócios da EHCA regressam às competições europeias

Jul 18, 2022

As equipas da EHCA 'renderam-se' ao modelo da nova Liga dos Campeões da WSE e Porto, Benfica, Sporting, Óquei de Barcelos, Oliveirense e, entre outros, o recordista Barcelona, estão de volta à Europa. O primeiro sorteio é já a 23 de Julho. #Champions

Um ano depois das equipas da Associação Europeia de Clubes (EHCA) terem abdicado da Liga Europeia e das competições europeias (excepto o Sporting, que disputou - e ganhou - a Taça Continental), os "gigantes" do Hóquei em Patins europeu, com as suas inscrições confirmadas até à passada sexta-feira (apesar da EHCA não se ter pronunciado publicamente), estão de volta para abrilhantarem a principal prova do Velho Continente. Note-se que, entre as 12 equipas da EHCA, estão oito vencedores das percursoras Taça dos Campeões Europeus ou Liga Europeia, reclamando a vitória em 45 das 56 edições realizadas. São 22 títulos do Barcelona e 23 de Reus (oito), Liceo (seis), Sporting (três), Benfica e Porto (dois) e Noia e Óquei de Barcelos (um).

Agora, a Liga dos Campeões sucede à Liga Europeia, com um novo modelo que prevê duas fases de qualificação antes da fase de grupos (a ser jogada às quintas-feiras). O que, mesmo não satisfazendo todas as pretensões competitivas dos inquestionavelmente mais ricos da modalidade, dá mais hipóteses a que todos os sócios da EHCA estejam na importante fase de grupos. Ou quase todos.

O Caldes, depois de um brilhante 3º lugar na OK Liga em 2020/21, teve uma época desportiva aquém do desejado, tendo de lutar até à derradeira jornada por um lugar no play-off. E o 8º lugar conseguido não vale mais do que um lugar na Taça WSE, a não ser que, por exemplo, Lleida, Calafell ou Alcoi abdiquem ou que haja outras vagas para equipas vindas da Taça WSE. Aí o Caldes disputará a primeira fase de qualificação da Liga dos Campeões.

Certos na fase de grupos estão, desde já, Porto, campeão português, Benfica e Sporting, respectivamente 2º e 3º na I Divisão, Liceo, campeão espanhol, e Barcelona, vencedor da Taça do Rei, e ainda o Saint-Omer, campeão francês, todos com entrada directa. Também entrada directa para as seis jornadas que começarão a ser disputadas em Janeiro, têm, salvo "desistências", os italianos Trissino (campeão europeu e italiano) e Sarzana, ambos não filiados na EHCA.

Para as restantes oito vagas nos quatro grupos de quatro equipas, concorrem os restantes cinco sócios conhecidos da EHCA - Óquei de Barcelos, Oliveirense, Reus, Noia e Forte - todos a irem a jogo na segunda fase de qualificação, tendo de aguardar pelos oito apurados da primeira fase.

O sorteio da primeira fase de qualificação realiza-se já no próximo sábado, 23 de Julho. Esta primeira fase contará com 18 equipas divididas em seis grupos de três equipas, com a condicionante de não poder haver equipas do mesmo país num mesmo grupo. Será jogada de 30 de Setembro a 2 de Outubro, preferencialmente na casa da equipa do país com o ranking mais baixo, avançando o primeiro de cada grupo e os dois melhores segundos para a segunda fase de qualificação.

Ainda relativamente às equipas da EHCA, dada a participação nas competições europeias, fica em causa a realização de uma segunda edição da Golden Cup. Depois da festa do 50º aniversário do Liceo, que terminou com um triunfo do Benfica, a edição de 2023 poderia, por exemplo, servir para celebrar o 75º aniversário do Óquei Clube de Barcelos.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade