Opinião

Breve história dos Campeonatos do Mundo de Hóquei em Patins

Jun 20, 2015
Fernando Castro

Foto: Arquivo Fotográfico da FPP

Fernando Castro é professor catedrático da Universidade do Minho e estudioso da história do hóquei em patins, a nível mundial, com livros publicados sobre o mais importante evento a nível de selecções.

Inicia-se este sábado, em La Roche sur Yon, França, a 42ª edição do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins, em equipas seniores masculinas.

Será a primeira vez que a França recebe a mais importante competição mundial da modalidade. Em 1984, a capital do País, Paris, acolheu aquela que seria a 1ª edição do grupo B do Campeonato do Mundo, de certa forma uma segunda divisão mundial do hóquei em patins. Convém ainda referir que foi em França, mais precisamente em Paris, que se desenrolou a primeira competição internacional da modalidade, mais precisamente entre 25 e 31 de dezembro de 1910, então com a participação de equipas de clubes franceses, ingleses e irlandeses.

No que aos Campeonatos do Mundo diz respeito, a primeira edição decorreu em 1936, em Estugarda, Alemanha. Participaram 7 Países, classificados pela seguinte ordem: Inglaterra, Itália, Portugal, Suíça, Alemanha, França e Bélgica. A prova, que vinha na sequência de 8 edições anteriores de Campeonatos da Europa (cuja série se tinha iniciado em 1926), foi também qualificada de 9º Campeonato da Europa, uma vez que apenas participaram Países deste continente. Em 1939 realizou-se, em Montreux, a 2ª edição do Campeonato do Mundo, com os mesmos Países e, de novo, ganha pela Inglaterra. Após a 2ª Guerra Mundial, Lisboa acolheu, em 1947, a 3ª edição da prova, uma vez mais com as mesmas 7 equipas, mas agora ganha por Portugal, onde pontificavam os primos Jesus Correia e Correia dos Santos, os irmãos Sidónio e Olivério Serpa, os guarda redes Cipriano dos Santos e Emídio Pinto, sendo completada a equipa por Álvaro Lopes e António Soares. A seleção portuguesa ganharia por mais 3 vezes consecutivas, em 1948 (Montreux), 1949 (Lisboa) e 1950 (Milão). A prova de 1948 seria a primeira em que se registou a participação de um País não Europeu, mais precisamente o Egito.

Em 1951 (Barcelona) verificou-se a primeira vitória mundial de Espanha, composta pelos guarda redes José Soteras e Juan António Zabalia e pelos jogadores de campo Orpinell, Serra, Mas, Trias, Bassó e Llinás. Em 1952, o Mundial realizou-se no Porto, inaugurando-se o novo Palácio de Cristal (atual Pavilhão Rosa Mota), voltando Portugal a vencer. Em 1953 a prova realizou-se em Genebra, tendo sido vencedora, pela primeira vez, a equipa da Itália. A partir de então, Portugal e Espanha repartiram a maior parte dos títulos.

Em 1962, a prova realizou-se, pela primeira vez, fora do continente Europeu, mais precisamente em Santiago do Chile, tendo vencido Portugal, para, em 1966, S. Paulo acolher o Mundial, agora ganho pela Espanha. Em 1970, foi a vez de San Juan, na Argentina, receber a prova máxima da modalidade, ganha, nesse ano, pela Espanha. Em 1978, a competição voltou a realizar-se nesta cidade sul-americana e, desta vez, o título foi, pela primeira vez, para a equipa Argentina.

A partir de 1984 o Campeonato do Mundo passou a estar dividido em duas séries, A e B, sendo que desta última se apuram alguns Países para a primeira. As competições têm decorrido em anos alternados, tendo a última prova decorrido no ano passado, em Canelones, Uruguai, com a vitória da Áustria.

Nas categorias jovens masculinas também se têm realizado provas. Com início em 1999 (Cali) e depois em 2002 (Viña del Mar), disputaram-se Campeonatos do Mundo de sub-17. A partir de 2003 (Montevideo) passou a realizar-se o Campeonato do Mundo de sub-20, com novas edições em 2006 (Malargue), 2007 (Santiago de Chile), 2009 (Bassano), 2011 (Barcelos) e 2013 (Cartagena).

Os Campeonatos do Mundo femininos começaram a ser disputados em 1992 (Springe), decorrendo a cada dois anos, tendo-se já disputado 12 edições.

Bibliografia

Bibliografia:

Fernando Castro, Campeonatos do Mundo de Hóquei em Patins - Contributos para a sua história, ed. Despertar Memórias, Lda., 2011

Fernando Castro, História do Hóquei em Patins, Portugal (1912-1939), ed. Despertar Memórias, Lda., 2014

Fernando Castro, História do Hóquei em Patins, Resto da Europa (1896-1939), ed. Despertar Memórias, Lda., 2014

Site http://rinkhockey.net/

Provas relacionadas

Campeonato do Mundo - Fase de grupos
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade