Um postal de Itália

As primeiras semanas e a apresentação aos tiffosi

Sep 18, 2015

Crédito: Follonica Hockey (Facebook)

Mário Rodrigues (“Marinho”) é mais um emigrante do hóquei em patins. O atacante saiu do Sporting para França em 2014 e este ano – com mais uma participação no Mundial por Moçambique pelo meio – aventura-se em Itália.

O destino não é menos do que a única equipa transalpina a triunfar na Liga Europeia e, pese não ter os talentos consagrados de 2006, almeja a uma boa classificação na Legahockey e a chegar longe na CERS.

A pré-época arrancou na última semana de Agosto e no final da terceira semana de trabalho, Marinho reconhecia a exigência. “A pré-época é muito dura aqui em Itália. Finalizámos a terceira semana de trabalho com treinos bi-diários todos os dias e pouco descanso”, afirmou ao HóqueiPT.

Na chegada a Itália, a integração não tem sido difícil. “Está a correr muito bem”, conta-nos Marinho. “Temos um grande grupo de trabalho e tudo corre bem, mesmo não entendendo tudo do italiano”, reconhece. A integração tem sido facilitada pelo colega de habitação, um defesa argentino. “Tem o mesmo nome que eu, Mario Rodriguez”, graceja.

Marinho apresentado com Pablo Saavedra

No passado dia 6, o Follonica apresentou Marinho com o também reforço Pablo Saavedra (este um regresso ao clube). ”Foi algo muito bem organizado, com directo para a TV italiana e a presença de alguns adeptos e colegas de equipa”, descreve Marinho. “Foi muito bom poder sentir o carinho dos adeptos e mesmo da imprensa. Esperam muito de mim e eu farei tudo para ajudar o clube e dar alegrias aos tiffosi de Follonica”, ambiciona.

O HóqueiPT vai continuar acompanhar a época do internacional moçambicano, que nos contará a sua época em Itália na primeira pessoa. O principal campeonato italiano arranca no dia 3 de Outubro, com o Follonica a receber o Lodi.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade