Notícia

Campeões homenageados

Dec 22, 2015

Os campeões jovens por Portugal foram esta segunda-feira homenageados na Mealhada.

A Câmara Municipal da Mealhada homenageou os campeões da Europa de Sub-17 e do Mundo de Sub-20, num evento justificado pela cumplicidade entre a Federação de Patinagem de Portugal e aquela autarquia, com a vila do Luso a servir de palco aos estágios de preparação para os títulos conquistados.

A cerimónia aberta ao público contou com palavras de Rui Marqueiro, presidente da Câmara Municipal da Mealhada, de Gustavo Sousa, director da FPP, de Nuno Ferrão em representação da Direcção Técnica Nacional e dos capitães das selecções, Diogo Seixas e Tomás Pereira, tendo o mais jovem surpreendido todos os presentes com um extraordinário discurso.

Os capitães Tomás Pereira (esq.) e Diogo Seixas (dir.) mostram o troféu do Mundial de Sub-20, conquistado (duas vezes) por Diogo e já na mira de Tomás.

Recorde-se que foi no Luso que Portugal conquistou o Europeu de Sub-17, o 13º do seu historial, no passado mês de Setembro. Também no mês de Setembro, mas no país vizinho, em Vilanova i la Geltrù, a selecção nacional de Sub-20 arrecadou o terceiro mundial em sete edições.

Os dois títulos tiveram sabor acrescido pelos dois instantes que marcaram o final das decisivas partidas, ambas frente à Espanha. No Luso, com o jogo empatado, o guarda-redes português Alejandro Edo viu (ou não…) a bola ir ao ferro da sua baliza no último segundo e, em Vilanova, Diogo Casanova concretizou, já na lotaria dos penaltis, a grande penalidade que valeu ouro.

Boa disposição

A homenagem contou com a presença de muitos dos campeões continentais e mundiais e foi pautada pela boa disposição.

O HóqueiPT tentou – enfâse em “tentou”… - promover uma entrevista de Álvaro Morais, “supervisionado” pelo seu capitão nos Sub-20 Diogo Seixas, ao capitão dos Sub-17, Tomás Pereira, mas acabou por não correr muito bem... Ou então, não podia ter corrido melhor.

Fica um excerto bem disposto e uma inegável verdade constatada por Tomás, que afirma que o hóquei em patins “é uma modalidade que nem toda a gente consegue praticar”. Muito menos com a qualidade com que estes jovens conseguem e que é garante de mais títulos para as cores lusas no futuro…

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade