Favoritos nos quartos-de-final

Contas feitas à primeira fase da Golden Cup, vingou o favoritismo - com os cabeças-de-série a vencerem os respectivos grupos - e não houve surpresas de maior. Nos 'quartos', destaque para uma sexta-feira de jogos em português.

Favoritos nos quartos-de-final

Terminou a fase de grupos da Golden Cup, torneio oficioso da Associação Europeia de Clubes (EHCA) adjudicado ao Liceo na celebração do 50º aniversário do histórico emblema galego.

Sem surpresas de maior, Porto e Benfica (grupo A), Barcelona e Sporting (grupo B), Liceo e Óquei de Barcelos (grupo C) e Oliveirense e Noia (grupo D) seguem para os quartos-de-final, com os cabeças-de-série a garantirem mesmo o triunfo em cada grupo.

Grupo A

No grupo A, "sai fora" o Caldes, depois de derrotas com o Porto e o Benfica. No jogo que abriu o torneio, Carlo Di Benedetto abriu o livro com cinco golos num jogo em que os dragões chegaram ao intervalo a vencer os catalães por um 6-1 pouco prestigiante para um evento que se queria de promoção. Na segunda parte, com a equipa de Ricardo Ares também a acusar o desgaste da final da Taça de Portugal, dois dias antes, o Porto acabaria por vencer por tangencial 8-7.

No segundo dia, entrou em cena o Benfica, somando a segunda derrota com o Porto em quatro dias. O Porto, mesmo sem Reinaldo Garcia nem Telmo Pinto (o Benfica apresentou-se sem Poka), virariam um desfavorável 6-4, já na segunda parte, para um 6-7 em que se destacou um hat-trick de Ezequiel Mena.

Os encarnados garantiriam a presença nos "quartos" com um triunfo sobre o Caldes por 2-5.

Grupo B

O grupo B abriu com o jogo maior entre Barcelona e Sporting, um duelo que, pese as andanças na alta-roda nos últimos anos, não acontecia desde o distante ano de 2015, então para a Taça Continental. Os blaugrana vencerem os leões por 1-4 e confirmariam a vitória no grupo com um 4-2 sobre os gauleses do Saint-Omer.

Apenas com oito jogadores convocados, a formação francesa seria afastada no derradeiro dia desta fase de grupos ao perder com os leões por 0-3.

Grupo C

No grupo C, o convidado de última hora Braga foi o primeiro eliminado por vicissitudes do calendário. A equipa de Tó Neves deixou boa imagem frente ao Liceo, que venceria por 5-3, mas depois faltaram as pernas frente a um "fresco" Óquei de Barcelos, num dérbi minhoto que redundou no triunfo barcelense por expressivos (o mais expressivo da primeira fase) 1-7.

Na decisão do triunfo no grupo, o Liceo foi mais forte, vencendo por 4-8 num jogo que ofereceu "espectáculo" para lá do tempo de jogo, com as duas equipas a envolverem-se numa escaramuça. Serviu pelo menos para mostrar que, sendo apenas amistoso, o torneio é levado muito a sério.

Grupo D

O grupo D antevia-se como o mais equilibrado e não desiludiu. Em três jogos registou dois empates, com o Noia a ser feliz ao passar à fase seguinte sem vitórias. A Oliveirense venceu o grupo depois de uma igualdade a cinco com o Noia e uma vitória sobre o Reus por 3-4, ao passo que, no duelo catalão, a igualdade a quatro foi suficiente para a equipa de Sant Sadurní seguir em frente e deixar os "roginegros", com a importante baixa de Raul Marin, pelo caminho.

Quartos-de-final

Os quartos-de-final, jogados entre quinta-feira e sexta-feira, abrem com um duelo espanhol entre Liceo e Noia, na reedição de um embate que foi o último para a OK Liga das duas equipas, a 6 de Abril. Então, "los verdes" - já com a classificação da fase regular das duas equipas definida - levaram a melhor com três golos sem resposta.

Segue-se um Clássico, ainda esta sexta-feira, entre Barcelona e Benfica, certamente com os catalães a terem ainda bem presente a derrota de há um ano, para a Liga Europeia, por pesados 6-2.

Já na sexta-feira, os dois restantes jogos dos "quartos" são em português. Oliveirense e Óquei de Barcelos defrontam-se pela primeira vez depois da mediática decisão disciplinar de derrota barcelense no jogo em Oliveira de Azeméis para o campeonato, havendo depois um duelo que tem pautado decisões.

Porto e Sporting decidiram entre si as duas últimas Ligas Europeias, a penúltima Taça Continental, o último Campeonato Nacional e a última Taça Intercontinental. E agora defrontam-se na Corunha, "apenas" em busca de um lugar nas "meias".

Fase de Grupos

Segunda-feira, 11 de Abril

• Gr. A • Porto 8-7 Caldes

• Gr. D • Oliveirense 5-5 Noia

• Gr. C • Liceo 5-3 Braga

• Gr. B • Sporting 1-4 Barcelona

Terça-feira, 12 de Abril

• Gr. C • Braga 1-7 Óquei de Barcelos

• Gr. D • Reus 3-4 Oliveirense

• Gr. A • Benfica 6-7 Porto

• Gr. B • Barcelona 4-2 Saint-Omer

Quarta-feira, 13 de Abril

• Gr. B • Saint-Omer 0-3 Sporting

• Gr. A • Caldes 2-5 Benfica

• Gr. C • Óquei de Barcelos 4-8 Liceo

• Gr. D • Noia 4-4 Reus

Classificações

Grupo A: 1º Porto (6 pontos), 2º Benfica (3), 3º Caldes (0)

Grupo B: 1º Barcelona (6 pontos), 2º Sporting (3), 3º Saint-Omer (0)

Grupo C: 1º Liceo (6 pontos), 2º Óquei de Barcelos (3), 3º Braga (0)

Grupo D: 1º Oliveirense (4 pontos), 2º Noia (2), 3º Reus (1)

Fase Final

Quartos-de-final

• QF1 • Liceo vs. Noia • 14.Abr • 18h15

• QF2 • Barcelona vs. Benfica • 14.Abr • 20h45

• QF3 • Oliveirense vs. Óquei de Barcelos • 15.Abr • 18h15

• QF4 • Porto vs. Sporting • 15.Abr • 20h45

Meias-finais

• MF1 • Vencedor QF1 vs. Vencedor QF2 • 16.Abr • 13h

• MF2 • Vencedor QF3 vs. Vencedor QF4 • 16.Abr • 19h

Final, 17 de Abril

Vencedor MF1 vs. Vencedor MF2 • 17.Abr • 19h

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Fase regular da Serie A1 fechada

Fase regular da Serie A1 fechada

Chegou ao fim a fase regular da Serie A1, com o triunfo confirmado do Trissino. Ainda há dois lugares por decidir nos quartos-de-final, numa ronda preliminar, e o play-off arranca a 30 de Abril. Mas ainda ninguém vai de férias.