Falta à entrega de medalhas custa 266 euros ao Benfica

Com protesto apresentado, o Benfica não ficou para a entrega de medalhas na Taça de Portugal e foi multado em 266 euros por 'inobservância de outros deveres'. O Regulamento prevê cinco Salários Mínimos Nacionais de multa.

Falta à entrega de medalhas custa 266 euros ao Benfica

O Porto venceu a final da Taça de Portugal por 1-5 e até já entregou o troféu no seu Museu, mas o Benfica protestou e pretende a repetição.

O protesto - por "um erro de direito gravíssimo" no primeiro golo azul-e-branco - foi apresentado no decorrer do jogo e os encarnados não ficaram para a cerimónia de entrega das medalhas.

Pese uma possível interpretação de falta de "fair play", não deixou de haver coerência na decisão das águias, mas, enquanto não sai a decisão sobre o protesto, a ausência do Benfica do acto protocolar tem consequências. Em rigor, 266 euros.

Desde 2015, quando o Sporting não ficou para a entrega das medalhas em Vila Franca de Xira - numa final da Taça ganha pelo Benfica -, que o Regulamento Geral de Hóquei em Patins prevê uma multa para "os Clubes que não compareçam a cerimónias protocolares de entrega de prémios" (artigo 52º, 1.6). Uma multa de cinco Salários Mínimos Nacionais, o que equivaleria a 3525 euros (artigo 52º, 1.6.1).

No entanto, a multa agora aplicada diz respeito a "inobservância de outros deveres", contemplada no Regulamento de Justiça e Disciplina, balizada entre 10% a 20% de um Salário Mínimo Nacional, mas com agravantes, como a reincidência, que podem determinar o aumento para o dobro dos limites. Os 266 euros equivalem a uns inusitados 37.8% do indexante Salário Mínimo Nacional (actualmente nos 705 euros).

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Comunicado da Oliveirense respondido com multa

Comunicado da Oliveirense respondido com multa

A Oliveirense foi multada depois de um comunicado em que se considerava 'indignada' e 'desrespeitada'. Não faltando exemplos de comunicados ao longo da temporada, a 'fava' acabou por sair em Oliveira de Azeméis...

A Taça do Lleida e a cobiça alheia

A Taça do Lleida e a cobiça alheia

Para uma discussão final que será italo-catalã, Lleida, Calafell, Valdagno e Follonica juntam-se este fim-de-semana em Paredes para decidir o vencedor da Taça WSE. O Lleida defende o troféu conquistado nas últimas três edições.