Famalicense 'ataca' I Divisão com novo timoneiro

Consumado o regresso à I Divisão, o Famalicense prepara-se para 'atacar' a manutenção na categoria máxima, algo que não consegue desde 1986. Jorge Ferreira, do Infante Sagres, será o treinador, substituindo Vítor Silva.

Famalicense 'ataca' I Divisão com novo timoneiro

Um ano depois de ter assumido o comando técnico do Infante Sagres, Jorge Ferreira pegará no leme de um Famalicense que está de regresso à I Divisão.

Vítor Silva completará três temporadas à frente da equipa minhota, com uma subida à I Divisão em 2020, a descida à II Divisão - na última jornada - em 2021 e garantindo agora, mais uma vez, uma vaga entre os maiores do Hóquei em Patins nacional para a próxima temporada. Mas o Famalicense terá outro timoneiro.

A equipa de Vila Nova de Famalicão não consegue garantir a manutenção desde 1986. Subira em 1983 e desceria em 1987, para regressar ao palco maior em 1988, 2005 e 2020, mas sempre sem conseguir "aguentar-se" entre os grandes. Para contrariar a História, a aposta é em Jorge Ferreira.

Jorge Ferreira, de 39 anos, trabalhou na formação do Porto desde 2010, sendo "promovido" a adjunto de Guillem Cabestany em 2018. Em 2021, com a saída do catalão do comando técnico dos dragões, Jorge assumiu o desafio de liderar o Infante Sagres.

Esta época, protagonizou um trajecto sólido na Zona Norte da II Divisão e, a uma jornada do fim, está num confortável 6º lugar, a nove pontos do Carvalhos (5º), mas sete à frente do Académico da Feira (7º).

Do histórico emblema da cidade do Porto, Jorge Ferreira levará consigo o reforço Carlos Dias, de 20 anos, e que já trabalhara consigo nas camadas jovens e equipa "B" do Porto.

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
«Nunca desisti de levantar a taça da Liga Europeia»

«Nunca desisti de levantar a taça da Liga Europeia»

Em 2019, o Sporting de João Pinto sagrou-se campeão europeu, mas o internacional português e angolano não estava na pista do João Rocha para erguer o troféu. Resiliente, não desistiu. E este domingo concretizou o sonho, pelo Trissino.

Agora, a festa é outra...

Agora, a festa é outra...

O Forte colocou ponto final nos festejos europeus do Trissino ao vencer o primeiro jogo das meias-finais do play-off da Serie A1 por 5-1. O Follonica também está em vantagem, vencendo na sua pista o Lodi por 6-4.

Valongo só cai no terceiro prolongamento em cinco dias

Valongo só cai no terceiro prolongamento em cinco dias

No arranque do play-off, Porto, Sporting e Benfica venceram em casa e Óquei de Barcelos fora. Mas o destaque tem de ser para um Valongo heróico, que só caiu no prolongamento na Luz. Depois de dois prolongamentos no fim-de-semana...