Sporting 'vinga-se' do rival e é campeão em Sub-15

O Sporting é o novo campeão nacional de Sub-15, ao vencer na final o Benfica por 5-7, após prolongamento. É um prémio maior, numa espécie de 'vingança' da final da Eurockey Cup, ganha pelas águias nas grandes penalidades.

Sporting 'vinga-se' do rival e é campeão em Sub-15

O Sporting conquistou este domingo o Campeonato Nacional de Sub-15 em mais um duelo intenso com o Benfica. Se na Eurockey Cup, as águias tinham levado a melhor nas grandes penalidades, desta feita os leões venceram no prolongamento.

Foi uma Final Eight marcada pela prematura eliminação da Oliveirense, apontada como favorita a par dos velhos rivais de Lisboa. A equipa de Raul Alves cairia nas grandes penalidades logo nos quartos-de-final frente ao Oeiras e ficou arredada da disputa do titulo. As goleadas frente a Física (1-9) e Paredes (0-8) não valeriam mais do que o 5º lugar.

O Sporting afastou a Física e o Oeiras, enquanto o Benfica afastava Paredes e Porto para novo dérbi por um troféu depois da oficiosa, mas reputada, Eurockey Cup. Logo no início de Novembro, as duas equipas tinham mostrado o seu valor e o equilíbrio entre os grupos orientados por Nuno Pinto e José Miguel Dantas. Então, o embate só foi decidido nas grandes penalidades. Agora, "ficou-se" pelo prolongamento.

Foi um jogo de resiliência dos encarnados, que nunca conseguiram estar à frente do marcador. Nas sucessivas recuperações, até viram o guarda-redes Nuno Emídio sair exausto...

Orientado por Ricardo Gomes, adjunto de Paulo Freitas nos seniores, por Nuno Pinto estar com as seniores femininas na final da Taça, o Sporting vencia por 0-2 aos oito minutos, e esteve a vencer por 1-3 e por 2-4, quando faltavam apenas dois minutos e meio para o final. Mas Diogo Duarte bisaria para levar o jogo para prolongamento. Santiago Honório marcara os dois primeiros golos das águias, respondendo aos de Martim Lopes, João Pina, Guilherme Caetano e Rodrigo Costa.

No tempo extra, Martim Lopes voltou a marcar primeiro para os leões. Honório igualou, mas, nas oportunidades de um e outro lado, com alta temperatura e o cansaço acumulado de três dias de competição, o Sporting seria mais eficaz. Guilherme Caetano fez o 5-6 e Rodrigo Gonçalves selou a conquista.

O Sporting sucede como Campeão Nacional de Sub-15 ao Porto, campeão em 2019 às ordens de Reinaldo Garcia, e ao Benfica, campeão em 2018.

Quartos-de-final

Porto 6-0 Valongo • 1.Jul

Sporting 6-5 Física • 1.Jul

• Oliveirense 4-5 Oeiras (2-2, 1-1 prol., 1-2 pen.) • 1.Jul

Benfica 6-2 Paredes • 1.Jul

5º ao 8º lugar

• Valongo 1-2 Paredes • 2.Jul

• Física 1-9 Oliveirense • 2.Jul

Meias-finais

Benfica 4-2 Porto • 2.Jul

• Oeiras 2-3 Sporting • 2.Jul

7º e 8º lugar

Valongo 6-2 Física • 3.Jul

5º e 6º lugar

• Paredes 0-8 Oliveirense • 3.Jul

3º e 4º lugar

Porto 5-2 Oeiras • 3.Jul

Final

• Benfica 5-7 Sporting (4-4, 1-3 prol.) • 3.Jul

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Figura maior da final de Sub-19 reforça Paço de Arcos

Figura maior da final de Sub-19 reforça Paço de Arcos

Bernardo Ramalho, autor dos três golos da vitória do Benfica na final do Nacional de Sub-19, vai representar o Paço de Arcos na próxima temporada. Regressa à Linha como campeão nacional em todos os escalões de formação.

Geração campeã triunfa (também) em Sub-19

Geração campeã triunfa (também) em Sub-19

Um Valongo estóico, mas desgastado, não conseguiu contrariar um Benfica que é a base da Selecção Nacional e cuja geração já triunfara em Sub-15 e Sub-17. Bernardo Ramalho foi a figura da final, ao apontar os três golos das águias.

Oitava Taça, oitava dobradinha

Oitava Taça, oitava dobradinha

Num inédito dérbi na final, o Benfica venceu o Sporting por 1-3 e conquistou a Taça de Portugal pela oitava vez consecutiva. Na hegemonia encarnada na última década, é também a oitava 'dobradinha' consecutiva.