Quatro portugueses no Cinco Ideal

Quatro jogadores portugueses integram o Cinco Ideal da Eurockey Cup de Sub-17. A Diogo Lemos, Gonçalo Machado e Pedro Bessa (Oliveirense) e João Pereira (Valongo) junta-se o catalão Pau Andreu.

Quatro portugueses no Cinco Ideal

São nada menos do que quatro os eleitos portugueses para o Cinco Ideal da competição mista da Eurockey Cup de Sub-17. Com a final protagonizada por Oliveirense e Valongo, apenas Pau Andreu, capitão do Noia (que caiu nas meias-finais), logrou impedir o "pleno" luso dos finalistas, com a escolha dos oliveirenses Pedro Bessa, Gonçalo Machado e Diogo Lemos e do valonguense João Pereira.

Do quinteto escolhido, apenas o guardião Pedro Bessa não esteve no recente Campeonato da Europa de Sub-17, que decorreu em Sant Sadurní, entre 19 e 24 de Setembro. Aí, o catalão Pau Andreu foi mais feliz, erguendo o troféu depois de marcar um golo na final, o primeiro da Espanha na vitória sobre Portugal por 7-6.

Lesionado (e ausente) Rafa Nogueira foi recordado por Pedro Bessa e a Oliveirense.

Irene Torres repetente

Na prova feminina, o vencedor - e dominante - Voltregà coloca, tal como a Oliveirense, três atletas no Cinco Ideal. Entre Alèxia Bosch, Irene Torres e a guarda-redes Blanca Garcia, o destaque irá necessariamente para Irene, que já o ano passado - então em representação da selecção espanhola - mereceu semelhante distinção. A jogadora completou 16 anos dois dias antes do arranque desta Eurockey Cup e dificilmente poderia desejar melhor prenda.

Às jogadoras da equipa de Sant Hipólit juntam-se Irene Moya, do Alcobendas, e Mireia Codinach, ao serviço da selecção espanhola nesta Eurockey Cup, mas jogadora do Manlleu.

Irene Torres, a primeira da esquerda, repete distinção.
Irene Torres, a primeira da esquerda, repete distinção.
AMGRoller

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Comportamento e 'ofensas' custam 11 mil euros ao Benfica

Comportamento e 'ofensas' custam 11 mil euros ao Benfica

O Benfica foi multado em cerca de cinco mil euros pelos impropérios dirigidos aos órgãos da FPP, no 4º jogo da final do play-off. Em apenas três processos às águias, a FPP arrecadou mais de 11 mil euros.