Supertaça é do Saint-Omer (para não variar)

Cerca de mês e meio volvido sobre a 1ª mão, o Saint-Omer voltou a vencer o Quévert e assegurou (com goleada) a conquista da quarta Supertaça da sua história e todas as edições realizadas. Para o português Pedro Chambel é o 9º título em França.

Supertaça é do Saint-Omer (para não variar)

A primeira mão fora quase há mês e meio. Então, uma vitória por 1-4 fora de portas deixara boas perspectivas ao Saint-Omer para mais uma conquista da Supertaça. Roc Llisa bisou e Fabien Bartengo e Jacobo Mantinan marcaram um golo cada, ao passo que Corentin Turluer assinou o tento que amenizou a derrota, mas, ainda assim, a missão era complicada.

O Saint-Omer vencera todas as três edições realizadas e, com uma vantagem de três golos e os mundialistas Pedro Chambel, Mathieu Le Roux e Leo Savreux, o também seleccionador Fabien Savreux tinha uma mão na Supertaça. A meio da primeira parte, Roc Llisa não conseguiu transformar um livre directo, mas, a três minutos e meio do intervalo, Jacobo Mantinan inaugurou o marcador na sequência de uma grande penalidade.

Se as esperanças "quévertois" se desvaneciam na ida para o descanso, eram praticamente aniquiladas no arranque da segunda. Ainda antes de estarem cumpridos cinco minutos, Thibault Colin ampliou para 2-0. O catalão Roc Llisa, figura maior desta Supertaça, ampliou aos 12 minutos e bisaria aos 15, e Leo Savreux elevou para 5-0 ainda com mais de nove minutos para jogar, agudizando um autêntico pesadelo para a equipa orientada por Miquel Angel Sanchez.

Na recta final, Mantinan e - já nos derradeiros três minutos - Barengo (duas vezes) e Le Roux dilataram até ao 9-0 final.

Esta é a quarta conquista da Supertaça pelo Saint-Omer em outras tantas edições realizadas, sendo que o Quévert é "vítima" pela terceira vez, depois das derrotas em 2018 e 2019. Sem competição em 2020, em virtude da pandemia, o Saint-Omer venceria em 2021 o Noisy.

Para Pedro Chambel, chamado à selecção francesa para o Campeonato do Mundo, é o 9º título em França pelo Saint-Omer. Para além desta quarta Supertaça, o português já conquistou dois campeonatos e três Taças de França.

1ª mão

• Quévert 1-4 Saint-Omer • 10.Set

2ª mão

Saint-Omer 9-0 Quévert • 22.Out

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Campeonato em pausa

Campeonato em pausa

Depois de grande parte da 5ª jornada a 8 de Outubro e de uma partida a 15, este fim-de-semana o Campeonato PLACARD parou definitivamente na preparação do Campeonato do Mundo. É hora de ponto de situação.

Mais portugueses, num evento importante para o crescimento

Mais portugueses, num evento importante para o crescimento

No rescaldo de uma Eurockey Cup que teve a maior representação lusa de sempre, os técnicos da prova mista concordaram na importância para o crescimento dos seus jogadores e das suas equipas, numa partilha que perdurará.