Europeu de Sub-23 em Paredes

O Pavilhão Multiusos de Paredes volta a receber uma competição europeia, desta feita o novo Campeonato da Europa de Sub-23. Será a quinta organização do município nas últimas oito no Velho Continente, entre provas de clubes e de selecções.

Europeu de Sub-23 em Paredes

Já era certo que a primeira edição do Campeonato da Europa de Sub-23 seria em Portugal. E, como foi regra em 2021, Paredes será o palco eleito, posicionando-se o município como sucessor da Mealhada enquanto "capital" portuguesa do Hóquei em Patins.

Em 2021, Paredes recebeu os Europeus de Sub-17, Sub-19 e Seniores Masculinos, sendo o Europeu de Seniores Femininos a excepção a confirmar a regra, tendo lugar ainda assim em Portugal, no Luso.

Já em 2022, Paredes tinha "prometida" a organização da Taça 1947, mas a mesma acabaria por não avançar em virtude de algumas restrições devido à CoViD-19. Receberia a Final Four da Taça de Portugal, para depois regressar às organizações europeias com a Final Four da Taça WSE, mesmo sem equipas portuguesas.

Torres Novas ficaria com a Final Four da Liga Europeia e a catalã Sant Sadurní d'Anoia com o Europeu de Sub-17 antes dos Campeonatos do Mundo que tiveram lugar na Argentina.

Investimento

A Câmara Municipal de Paredes investiu na requalificação do Pavilhão Multiusos, inaugurado para os Campeonatos da Europa de Sub-17 e Sub-19, que decorreram em simultâneo em Setembro de 2021. Mas o investimento para a organização das provas vai muito para além disso.

Como apoio à organização das diferentes competições, a edilidade paredense já colocou à disposição da Federação de Patinagem de Portugal perto de 160 mil euros segundo os contratos publicados. Foram 20 mil euros para os dois europeus jovens, mais de 95 mil para o Europeu de Seniores Masculinos, 30 mil para a Taça de Portugal e 14 mil para a Taça WSE.

Resultados desportivos

Em Paredes, as selecções portuguesas não têm sido particularmente felizes, com apenas um triunfo, de Sub-19, nas três provas realizadas em 2021 a que se junta um Campeonato da Europa que escapou, em 2012, a seis segundos do final, então no Pavilhão Rota dos Móveis. Mas talvez não seja o local a ser aziago.

Afinal, depois do último título europeu de seniores masculinos, em 2016 em Oliveira de Azeméis, houve 12 provas continentais (cinco europeus de Sub-17, três europeus Sub-20 ou Sub-19, dois de seniores feminino e outros dois de seniores masculinos) e a selecção das quinas só arrebatou o ouro em três ocasiões: numa em Sub-17 (2017) e duas em Sub-19 (2016 e 2021).

O primeiro Campeonato da Europa de Sub-23 está previsto para a Semana Santa, de 3 a 8 de Abril, e as selecções deveriam ter confirmado a sua presença até 31 de Dezembro. No entanto, a pouco mais de dois meses do evento, tardam em ser tornadas públicas as participantes.

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Dérbi entre Sporting e Benfica nos 'oitavos' da Taça

Dérbi entre Sporting e Benfica nos 'oitavos' da Taça

O sorteio dos oitavos-de-final da Taça de Portugal ditou um 'dérbi eterno' entre Sporting e Benfica. O Porto, detentor do troféu, joga na pista da Física, da II Divisão. No feminino, defrontam-se os últimos vencedores.

Maliàn fecha a porta e abre janela à liderança do Porto

Maliàn fecha a porta e abre janela à liderança do Porto

O Porto venceu o Benfica sem sofrer golos e 'dobra' a fase regular na liderança com as águias a um ponto e os leões, que venceram na Parede, a dois. Houve boas vitórias de Tomar, Famalicense e Murches e uma debacle do Paço de Arcos em Barcelos.