O dilema português com a Final Eight em mira

Quinta-feira joga-se a derradeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, ainda com quatro vagas na Final Eight em aberto. Em Barcelos, Óquei e Sporting garantem ambos o apuramento com um empate, mesmo que o Reus vença em França.

O dilema português com a Final Eight em mira

Este quinta-feira, disputa-se a sexta e última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Benfica, Porto, Trissino e Barcelona já estão certos na ambicionada Final Eight (que se disputa de 4 a 7 de Maio em Viana do Castelo) e as águias e os blaugrana já garantiram inclusivamente o primeiro lugar do seu grupo. Porto e Trissino defrontar-se-ão em Itália para definir quem fica em 1º e 2º no grupo B. O 2º terá pela frente, nos quartos-de-final, o Benfica.

Na corrida às restantes quatro vagas estão Oliveirense e Liceo (Grupo A), Valongo e Forte (Grupo C) e Sporting, Óquei de Barcelos e Reus (Grupo D).

Os jogos da derradeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões têm todos início previsto para as 20h de Portugal continental.

No grupo A, o Liceo recebe a Oliveirense e só a vitória interessa aos galegos de Juan Copa. Qualquer outro resultado, leva Paulo Pereira e a sua equipa à Final Eight. No grupo C, Valongo e Forte estão empatados com oito pontos e, com dois empates nos jogos entre eles, a vantagem valonguense é na diferença de golos, com mais quatro que os italianos.

Jogando em casa, o Valongo apenas falhará o apuramento se fizer pior resultado na recepção ao Lodi (que ainda não pontuou) que o Forte na recepção ao Barcelona (que já tem o 1º lugar assegurado). Ou se, em caso de somarem os mesmos pontos nas suas derradeiras partidas, os italianos conseguirem recuperar os quatro golos de desvantagem. Por exemplo, o Valongo vencer o Lodi por um golo e o Forte vencer os catalães por seis...

Dilema no Grupo D

No Grupo D, o Reus joga em Saint-Omer e tem de vencer para aspirar à qualificação para a fase final. Mas uma vitória no jogo arbitrado pelos portugueses Joaquim Pinto e Porfírio Fernandes poderá não ser suficiente para a equipa de Jordi Garcia "roubar" um dos dois primeiros lugares a Sporting e Óquei de Barcelos. Mesmo com triunfo "roig-i-negre" em França, um empate apura as duas equipas portuguesas. Seria um politicamente correcto "acordo de cavalheiros", um daqueles empates "convenientes". Mas com o inconveniente de "cruzar" o Óquei de Barcelos com o Barcelona nos quartos-de-final.

Se o Reus for vencendo na casa de Pedro Chambel, o dilema, para Sporting e Óquei de Barcelos, será jogar para ganhar e arriscar uma derrota que poderá valer o afastamento da Final Eight, ou "contentarem-se" com uma igualdade que apurará ambos.

No passado recente, um dos tais resultados convenientes entre Espanha e França no Campeonato da Europa de 2021, com uma vitória espanhola por dois golos, colocou ambas as equipas na final da competição e despoletou a ira portuguesa. Mas há outros exemplos destas "coincidências" que acabam por "tramar" terceiros.

Por exemplo, com Paulo Freitas - agora treinador do Óquei de Barcelos - ao leme do Sporting, aconteceram resultados que satisfaziam as duas equipas em confronto nas caminhadas para os títulos europeus dos leões em 2019 e 2021, conquistados com intocável mérito.

Em 2019, um nulo entre Forte e Sporting na penúltima jornada da fase de grupos, apurava desde logo as duas equipas para os quartos-de-final, retirando qualquer hipótese de apuramento ao Liceo, que recebiam os italianos na derradeira ronda. Em 2021, nova igualdade, mas com muitos golos para se ver (6-6) e entre Sporting e Oliveirense, concretizou o cenário que agradava às duas equipas, passando à Final Four a Oliveirense como vencedor do grupo e o Sporting como melhor segundo numa fase de três grupos de três equipas improvisada em edição desvirtuada pela pandemia.

Entre Óquei de Barcelos e Sporting, depois de um empate a cinco há cerca de um mês para o campeonato português, o Placard dá mesmo o empate como o resultado mais provável, com uma "odd" baixa de 1.40 (isto é, 140 euros de retorno por cada 100 euros apostados). Os empates nos restantes jogos desta última jornada são o resultado "mais improvável", sendo que, tirando uma possível igualdade entre Trissino e Porto, já com uma "odd" alta de 4.30, todos os restantes empates têm "odds" de 5.20 ou acima.

Grupo A

• Liceo vs. Oliveirense • 13.Abr, 21h

• Calafell vs. Benfica • 13.Abr, 21h

= 1º Benfica (11), 2º Oliveirense (7), 3º Liceo (6), 4º Calafell (2)

Grupo B

• Trissino vs. Porto • 13.Abr, 21h

• Noia vs. Sarzana • 13.Abr, 21h

= 1º Porto (11), 2º Trissino (11), 3º Noia (5), 4º Sarzana (0)

Grupo C

• Valongo vs. Lodi • 13.Abr, 20h

• Forte vs. Barcelona • 13.Abr, 21h

= 1º Barcelona (12), 2º Valongo (8), 3º Forte (8), 4º Lodi (0)

Grupo D

• Óquei de Barcelos vs. Sporting • 13.Abr, 20h

• Saint-Omer vs. Reus • 13.Abr, 21h

= 1º Sporting (10), 2º Óquei de Barcelos (9), 3º Reus (7), 4º Saint-Omer (3)

Quartos-de-final

• QF1 • Benfica vs. 2º Grupo B • 4.Mai

• QF2 • Barcelona vs. 2º Grupo D • 4.Mai

• QF3 • 1º Grupo B vs. 2º Grupo A • 5.Mai

• QF4 • 1º Grupo D vs. 2º Grupo C • 5.Mai

Meias-finais

• MF1 • Vencedor QF1 vs. Vencedor QF2 • 6.Mai

• MF2 • Vencedor QF3 vs. Vencedor QF4 • 6.Mai

Final

Vencedor MF1 vs. Vencedor MF2 • 7.Mai

AMGRoller

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Futuro do Hóquei em Patins passa por Simpósio online

Futuro do Hóquei em Patins passa por Simpósio online

A World Skate, que gere o Hóquei em Patins a nível mundial, promove a 14 e 15 de Abril um simpósio, via Zoom, sobre o futuro da modalidade. Luís Sénica, Boaventura Rodrigues, Nuno Ferrão e Orlando Panza são os portugueses confirmados.