Há 'negra' no Dragão

Esta quarta-feira, Porto e Oliveirense disputam a 'negra' por um lugar nas meias-finais do campeonato, onde o Benfica já espera adversário. A história está contra a equipa da Oliveirense, que procurará adiar um fim de ciclo há muito anunciado.

Há 'negra' no Dragão

Esta quarta-feira, há "negra" no Dragão Arena entre Porto e Oliveirense, mantendo-se a regra, desde o regresso do play-off, de uma (e apenas uma) terceira partida nos quartos-de-final.

Em 2021, a Oliveirense foi à "negra" com o Benfica, e em 2022, as águias voltaram a disputar o terceiro jogo, então com o Valongo. Em ambas as ocasiões, a vitória sorriu aos encarnados e de forma expressiva, respectivamente por 7-3 e 5-1, aproveitando da melhor maneira o "factor casa" conferido pela classificação da fase regular.

A Oliveirense procura agora passar, à terceira tentativa, sempre às ordens de Paulo Pereira, aos quartos-de-final, tentando contrariar meias-finais com Benfica, Óquei de Barcelos, Porto e Sporting. Mas a tarefa de uma equipa que tem um fim de ciclo - com a saída de equipa técnica e meio plantel - anunciado desde Dezembro, não será fácil.

Esta época, nos duelos entre Porto e Oliveirense, a vitória tem saído sempre à casa. Na fase regular, houve vitória do Porto por 5-4 no Dragão Arena, e vitória da Oliveirense por 4-3 no Dr. Salvador Machado. Sete pontos separaram as duas equipas na classificação final, com a equipa de Ricardo Ares melhor no ataque (130 golos marcados dos dragões contra 89 da Oliveirense), mas a equipa de Paulo Pereira melhor na defesa (69 sofridos contra 80 consentidos pelos dragões). Já no play-off, repetiram-se triunfos caseiros nos dois primeiros jogos disputados nos quartos-de-final, por 7-2 no Porto e 6-3 em Oliveira de Azeméis, conduzindo a esta "negra".

Também "contra" a Oliveirense está o historial de resultados como visitante frente ao recordista de títulos nacionais. A Oliveirense não vence na condição de forasteira desde 2016 (3-4), na segunda mão dos quartos de final da Liga Europeia. Antes vencera em 2012 para a Taça de Portugal (2-4) e é preciso recuar até 2001 para encontrar uma vitória para o Campeonato (2-5), num ano em que o Óquei de Barcelos se sagrou Campeão Nacional. Depois seguiu-se o "Deca" portista...

Com alguma dose de favoritismo, reforçada pelo "factor casa", o Porto procura continuar em prova para tentar repetir o que conseguiu em 1986 e 1990: juntar os títulos europeu e nacional na mesma época.

O jogo, agendado para as 20h, terá arbitragem minhota de Pedro Figueiredo e Fernando Vasconcelos.

Quartos-de-final - Jogo 1

Óquei de Barcelos 4-1 Valongo • 10.Mai

Benfica 5-1 Braga • 10.Mai

Sporting 6-4 Tomar • 11.Mai

Porto 7-2 Oliveirense • 11.Mai

Quartos-de-final - Jogo 2

• Valongo 2-4 Óquei de Barcelos (2-2, 0-2 pen) • 13.Mai

• Braga 4-9 Benfica • 13.Mai

• Tomar 4-8 Sporting • 14.Mai

Oliveirense 6-3 Porto • 14.Mai

Quartos-de-final - Jogo 3

• Porto vs. Oliveirense • 17.Mai, 20h

Meias-finais - Jogo 1

• Benfica vs. Porto ou Oliveirense • 20.Mai

• Sporting vs. Óquei de Barcelos • 20.Mai

Meias-finais - Jogo 2

Porto ou Oliveirense vs. Benfica • 24.Mai

• Óquei de Barcelos vs, Sporting • 24.Mai

Meias-finais - Jogo 3

• Benfica vs. Porto ou Oliveirense • 28.Mai

• Sporting vs. Óquei de Barcelos • 28.Mai

Meias-finais - Jogo 4 (se necessário)

Porto ou Oliveirense vs. Benfica • 31.Mai

• Óquei de Barcelos vs, Sporting • 31.Mai

Meias-finais - Jogo 5 (se necessário)

• Benfica vs. Porto ou Oliveirense • 4.Jun

• Sporting vs. Óquei de Barcelos • 4.Jun

AMGRoller

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Avança o Porto para as meias-finais

Avança o Porto para as meias-finais

O Porto venceu na 'negra' dos quartos-de-final e está nas 'meias', com os outros três do costume. A Oliveirense dificultou a tarefa ao campeão nacional, que só assumiu a liderança do marcador a três minutos e meio do apito final.

Ferran Font fora do Europeu

Ferran Font fora do Europeu

Poucos dias depois de ter anunciado os convocados para o Campeonato da Europa, a Espanha tem já uma baixa. Ferran Font, atacante do Sporting, fica fora do Europeu para debelar problemas físicos, sendo chamado Marc Julià, do Reus.

Muñoz já fez escolhas para atacar o hepta

Muñoz já fez escolhas para atacar o hepta

A federação espanhola anunciou as 10 escolhidas por Ricard Muñoz para procurar o 7º título europeu consecutivo após a desilusão mundialista. A mês e meio da prova, a sede continua por anunciar, avançando a FEP que será (algures) em Portugal.