Espanha é pentacampeã em Sub-17

A Espanha conquistou o seu quinto Europeu consecutivo com uma vitória por 4-7 sobre Portugal. No seu fado, os portugueses até se adiantaram, mas a Espanha inverteu e descolou no marcador nos derradeiros dois minutos e meio.

Espanha é pentacampeã em Sub-17
Foto de capa: World Skate Europe

A Espanha sagrou-se pentacampeã europeia de Sub-17 Masculinos depois de vencer Portugal na final por 4-7. O resultado final não transparece a emoção de um jogo em que a selecção espanhola só passou para a frente a dois minutos e meio do final.

Este é o 22º título da Espanha, que repete o penta de 1993 a 1997. A estreia de Javier Sama ao leme de "la roja" deixa Portugal vice-campeão pela quinta vez consecutiva.

Foi uma primeira parte em que o marcador não mexeu e uma segunda em que sofreu um autêntico terramoto.

Aos dois minutos, Pau Andreu, melhor marcador deste Europeu, não conseguiu bater Martim Oliveira de grande penalidade, e o marcador não se alterou, numa partida tensa, própria de final.

Na etapa complementar, vieram os golos. Uma enxurrada deles.

Com apenas dois minutos jogados, João Pina inaugurou o marcador e, instantes depois, Martim Lopes fazia o segundo. Portugal adiantava-se, mas a Espanha foi resiliente.

Pau Andreu, capitão espanhol, assinou um hat-trick na final e terminou como melhor marcador da prova, com 14 golos. Diogo Duarte, que bisou nesta derradeira partida, foi o mais certeiro dos portugueses, com oito golos.

Pau Andreu reduziu aos quatro minutos e, depois de Diogo Duarte fazer o 3-1, Yeray Roig marcou por duas vezes para anular a vantagem portuguesa. Faltavam sete minutos para o fim, mas, quase de pronto, na 10ª falta espanhola, Diogo Duarte bisava para colocar novamente os pupilos de Nuno Ferrão, no seu oitavo europeu do escalão, na frente.

A vantagem durou minuto e meio, repondo a igualdade o capitão espanhol Pau Andreu. Ficava tudo em aberto para os últimos cinco minutos, mas com as nove faltas a serem uma nuvem negra sobre os portugueses.

A 10ª falta portuguesa cairia a dois minutos e meio do fim. Chamado, Andreu fazia o 4-5 com o seu 14º golo neste Europeu (marcou nos seis jogos) para a primeira vantagem espanhola na partida. Portugal arriscou tudo. Mas, num fado que se vai repetindo, foi infeliz.

Atacando sem guarda-redes, Portugal viu um remate ir ao ferro e sobrar para Quim Gabarrò, que, da sua área, "matava" a discussão do título com o 4-6. Haveria ainda tempo para um azul a Miguel Franco, que levaria Ian Hidalgo para a marca de livre directo e o 4-7 final, desnivelando o marcador de forma tremendamente injusta para os jovens lusos.

Itália de bronze

Antes da consagração espanhola, a Itália logrou o bronze. Pela terceira vez consecutiva. Mas na ressaca da derrota nas meias-finais, os italianos quase eram surpreendidos pelos franceses.

A vencer por 0-2, a selecção transalpina consentiu o empate nos derradeiros sete minutos, só resolvendo a questão no prolongamento. Elia Cardella assinou o golo que vale a medalha ao grupo liderado por Massimo Giudice.

A Suíça garantiu o 5º lugar, ao vencer a Inglaterra por 5-2. Os suíços, orientados por Rui Faria, despedem-se deste Europeu sem derrotas no tempo regulamentar, tendo vencido dois jogos e empatado um, com a Alemanha, na fase de grupos, para depois "caírem" nos quartos-de-final frente à França, mas apenas no desempate por grandes penalidades. Seguiu-se uma vitória por 0-5 frente a Andorra e agora o derradeiro triunfo frente a Inglaterra.

Para o 7º lugar, Andorra, que só contava derrotas, surpreendeu a Alemanha. Os germânicos venciam por 1-3 ao intervalo, mas permitiram a reviravolta na etapa complementar, com Guillem Lopez a assinar o golo do triunfo a minuto e meio do apito final.

Grupo A

Espanha 10-0 França • 28.Ago

• Itália 0-2 Portugal • 28.Ago

• Espanha 1-1 Portugal • 29.Ago

• França 2-3 Itália • 29.Ago

Portugal 10-1 França • 30.Ago

• Itália 0-3 Espanha • 30.Ago

Classificação: 1º Portugal (7), 2º Espanha (7), 3º Itália (3), 4º França (0)

Grupo B

Suíça 4-1 Inglaterra • 28.Ago

• Andorra 1-7 Alemanha • 28.Ago

• Andorra 0-3 Suíça • 29.Ago

• Inglaterra 3-3 Alemanha • 29.Ago

• Suíça 4-4 Alemanha • 30.Ago

Inglaterra 3-2 Andorra • 30.Ago

Classificação: 1º Suíça (7), 2º Alemanha (5), 3º Inglaterra (4), 4º Andorra (0)

Quartos-de-final

• QF4 • França 5-4 Suíça (2-2, 3-2 pen.) • 31.Ago

• QF3 • Itália 6-0 Alemanha • 31.Ago

• QF2 • Espanha 10-0 Inglaterra • 31.Ago

• QF1 • Portugal 12-1 Andorra • 31.Ago

5º ao 8º lugares

• MF3 • Andorra 0-5 Suíça • 1.Set

• MF4 • Alemanha 1-3 Inglaterra • 1.Set

Meias-finais

• MF1 • Portugal 12-1 França • 1.Set

• MF2 • Espanha 6-2 Itália • 1.Set

Finais

• 7º/8º • Andorra 5-4 Alemanha • 2.Set

• 5º/6º • Suíça 5-2 Inglaterra • 2.Set

• 3º/4º • França 2-3 Itália (2-2, 0-1 prol.) • 2.Set

• Final • Portugal 4-7 Espanha • 2.Set

Classificação final: 1º Espanha, 2º Portugal, 3º Itália, 4º França, 5º Suíça, 6º Inglaterra, 7º Andorra, 8º Alemanha

AMGRoller Compozito

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Primeiras campeãs de Sub-17 são portuguesas

Primeiras campeãs de Sub-17 são portuguesas

Portugal é o primeiro campeão europeu de Sub-17 Femininos. A conquista foi selada com uma vitória contundente sobre Inglaterra por 7-1, com a capitã Beatriz Silva a assinar um poker.

Voltregà organiza Taça Continental

Voltregà organiza Taça Continental

A próxima edição da Taça Continental será organizada pelo Voltregà. A primeira competição europeia de clubes da temporada será disputada em Final Four pelo anfitrão e os portugueses Porto, Valongo e Braga.