Benfica em nova final da Elite Cup, um ano depois

O Benfica regressa à final da Elite Cup um ano depois. As águias venceram a Oliveirense por 4-2 depois de terem estado a perder por 0-2. E 1-3. Confuso? São os ónus e bónus do SRV.

Benfica em nova final da Elite Cup, um ano depois

Um ano depois de ter perdido a final com o Porto, o Benfica volta ter oportunidade de inscrever o seu nome na lista de vencedores da Elite Cup oficial, depois de em 2017 ter vencido a versão ainda oficiosa da prova.

Num jogo de equipamentos alternativos, com Benfica de preto e Oliveirense de branco, Nuno Resende chamou Lucas Honório ao 10 em vez de Diogo Rafael, numa troca de turquelenses.

O Benfica entrou pressionante desde o primeiro instante, surpreendendo claramente uma Oliveirense que teve de se ajustar para resistir a esse acosso inicial.

A primeira rotação de jogadores fez desvanecer o ascendente das águias, e Marc Torra inaugurou o marcador depois de ainda ter permitido defesa a Bernardo Mendes numa grande penalidade. A Oliveirense estava por cima e Nuno Resende teve de parar o jogo para redefinir estratégia.

As equipas encaixaram e o golo de Torra permaneceu solitário até ao intervalo, havendo a registar um azul a Carlos Nicolia a minuto e meio do descanso, ao aplaudir uma decisão arbitral.

O Benfica iniciou a segunda parte em inferioridade numérica, mas resistiu. Ou, pelo menos adiou o segundo tento oliveirense.

O SRV ganhou protagonismo. Houve azul a Facundo Navarro aos dois minutos, mas foi revertido e, um minuto depois, o internacional jovem argentino assinaria o 0-2. A dupla vantagem era importante para a equipa de Edo Bosch, mas não durou. Ainda que, momentaneamente, se tenha repetido...

Aos cinco minutos, Ordoñez serviu Roberto Di Benedetto para o 1-2, mas, aos oito, com queixas de falta sobre Roberto na área oliveirense, Diogo Abreu fazia o 1-3. No entanto, tudo mudou.

Com recurso ao Sistema de Revisão Vídeo (SRV), Bruno Henriques e João Martins assinalaram grande penalidade sobre Roberto, e com azul a Lucas Martínez. Na grande penalidade, Nicolia fazia o 2-2 e a Oliveirense ficava momentaneamente privada do seu elemento mais desequilibrador no ataque.

Totalmente em aberto, o jogo seria novamente desequilibrado disciplinarmente. Um azul a Xavi Cardoso, a oito minutos do final, deu "espaço" a Gonçalo Pinto para fazer o 3-2, obrigando a Oliveirense a ir necessariamente em busca da igualdade. Na precipitação ofensiva, Roberto Di Benedetto teve facilidades na área adversária, para o 4-2 final.

A final, com o Sporting, está agendada para as 15h deste domingo. Depois do título de campeão nacional na pretérita temporada, os velhos rivais de Lisboa voltam a discutir um troféu.

Quartos-de-final

• QF1 • Benfica 3-1 Braga • 15.Set

• QF2 • Sporting 4-2 Valongo • 15.Set

• QF3 • Óquei de Barcelos 2-3 Oliveirense • 15.Set

• QF4 • Porto 2-3 Tomar • 15.Set

Meias-finais

• MF1 • Benfica 4-2 Oliveirense • 16.Set

• MF2 • Sporting 4-3 Tomar • 16.Set

Final

• Benfica vs. Sporting • 17.Set, 15h

AMGRoller

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Benfica vence Elite Cup

Benfica vence Elite Cup

O Benfica conquistou a Elite Cup 2023. Numa reedição do duelo pelo título de campeão, as águias venceram o Sporting por 4-3. Os leões viraram uma desvantagem de dois golos, mas haveria nova cambalhota no marcador a favor do rival.

Sporting na decisão da Elite Cup

Sporting na decisão da Elite Cup

Vencedor de duas edições oficiosas, o Sporting estreia-se na final da Elite Cup oficial. Os leões venceram o Tomar por tangencial 4-3, num jogo que obrigou a inúmeras idas ao SRV, e disputará o troféu com o velho rival.

Festa portuguesa no Europeu de Sub-19

Festa portuguesa no Europeu de Sub-19

Portugal venceu a Espanha por 3-2 e sagrou-se campeão da Europa de Sub-19. Num ano em que se sagrara vice-campeão nos outros três escalões masculinos, Portugal conquista o 7º título nas últimas oito edições da prova continental júnior.