Sant Just e Barcelona na final da Taça do Rei

A Taça do Rei terá uma final inédita entre o Barcelona, o mais titulado da prova, e um estreante Sant Just, que venceu o anfitrião desta edição e vai somando páginas históricas esta temporada.

Sant Just e Barcelona na final da Taça do Rei

Este domingo, a final da 80ª Taça do Rei é entre Sant Just e Barcelona.

O Sant Just surpreendeu o anfitrião Calafell, vencendo por 1-3. Edu Fernandez marcou de livre directo o único golo da primeira parte, a seis minutos do intervalo e, na etapa complementar, o andorrenho Gerard Miquel ampliou aos quatro minutos.

O capitão Arnau Xaus reduziu pouco depois do segundo do Sant Just, que este ano se estreia na OK Liga. Atacava o Calafell, mas Edu Fernandez fez o 1-3 aos 11 e, com um grande trabalho da equipa tão bem conduzia por Mia Ordeig, o resultado já não se alteraria. Xavi Crespo ainda veria um azul a uma mão cheia de segundos do apito final, mas Xaus não conseguiu marcar e, de qualquer forma, não sobraria tempo para muito mais…

Pela frente, em busca da cereja no topo do bolo, o Sant Just terá o campioníssimo Barcelona, vencedora de 25 Taças do Rei, seis delas nas últimas sete edições.

Final da Taça do Rei está agendada para as 20h locais, 19h em Portugal continental.

Frente ao Voltregà, o Barcelona venceu por tangencial 3-2. A quatro minutos do intervalo, Pau Bargalló inaugurou o marcador e, aos quatro da segunda parte, João Rodrigues ampliou.

Os blaugrana tentaram gerir, mas Jordi Burgaya reduziu aos 11 minutos, na entrada de três minutos de loucos. Èric Vargas viu azul. Alabart não marcou de livre directo. Pau também não. Nem, do outro lado, Burgaya. Ainda na superioridade numérica, Baragalló fez o 3-1. Pouco depois, houve azul a João Rodrigues e Alex Rodriguez marcou o livre directo, repondo a diferença tangencial para os derradeiros oito minutos.

A equipa de Edu Castro segurou a vantagem e está na partida decisiva pela 10ª vez consecutiva. O Voltregà perde, mas redime-se de um autêntico enxovalho do jogo no Palau para a OK Liga, em que foi goleado por 13-1, de longe o resultado mais dilatado da presente edição. O segundo mais dilatado foi o 8-0 dos blaugrana ao Igualada…

Mia Ordeig

Na final, muitos dos holofotes estarão em Mia Ordeig, treinador que conduziu o Sant Just à OK Liga e, agora, à final da Taça do Rei.

Com 43 anos feito a 6 de Março, Josep Maria Ordeig tem um passado brilhante como jogador. E no Barcelona. Quatro vezes campeão do Mundo e outras tantas da Europa, Mia representou os blaugrana de 2006 a 2013, vencendo, entre outros, cinco vezes a OK Liga, três vezes a Liga Europeia e três vezes esta Taça do Rei, que também já vencera (em 1999) e voltaria a vencer (em 2015) pelo Vic.

Quartos-de-final

• QF1 • Noia 4-5 Calafell (3-3, 0-0 prol., 1-2 pen.) • 7.Mar

• QF2 • Sant Just 5-4 Alcoi (2-2, 3-2 prol.) • 7.Mar

• QF3 • Barcelona 3-1 Reus • 8.Mar

• QF4 • Voltregà 4-2 Igualada • 8.Mar

Meias-finais

• MF1 • Calafell 1-3 Sant Just • 9.Mar

• MF2 • Barcelona 3-2 Voltregà • 9.Mar

Final

• Sant Just vs. Barcelona • 10.Mar, 20h

Horários das partidas na hora local.

AMGRoller Compozito

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
O Rei vai de blaugrana

O Rei vai de blaugrana

O Barcelona conquistou a Taça do Rei pela 26ª vez, sétima nas últimas oito edições, ao vencer o Sant Just, estreante nestas decisões. João Rodrigues inaugurou o marcador da final da 80ª edição da prova.

Três pontos numa grande segunda volta e à francesa

Três pontos numa grande segunda volta e à francesa

O Riba d'Ave venceu o Juventude Pacense por 3-2 e, na fuga à despromoção, já soma 13 pontos na segunda volta. O internacional francês Remi Herman assinou os três golos dos ribadavenses.

Benfica empata e fica fora dos quartos-de-final

Benfica empata e fica fora dos quartos-de-final

O Benfica não foi além de um empate na recepção ao Fraga e está fora dos quartos-de-final da Champions League Women. A Stuart, já apurada antes desta última jornada, defrontará o Coruña.

Estados Unidos no elenco do Campeonato do Mundo

Estados Unidos no elenco do Campeonato do Mundo

Com uma vitória por 2-3 sobre a anfitriã Colômbia, os Estados Unidos garantiram o bronze no Pan-Americano e uma histórica presença no palco maior do Campeonato do Mundo de Setembro próximo, fechando as oito selecções do 'quadro principal'.

Porto apanha Oliveirense no topo da classificação

Porto apanha Oliveirense no topo da classificação

O Porto venceu em Oliveira de Azeméis e alcançou a Oliveirense no topo da classificação do Campeonato Placard. Sporting, a correr atrás do prejuízo de uma inusitada primeira parte, e Benfica venceram fora de casa.