Notícia

Entre quatro, só Freitas deve continuar...

Apr 30, 2016

Paulo Freitas, ao que tudo indica, iniciará em 2016/17 a sua quarta época à frente do Óquei de Barcelos. Mas, por diferentes motivos, a Final Four da Taça CERS marca de alguma forma a despedida das suas equipas dos outros três treinadores que vão a jogo este fim-de-semana.

Mantendo-se outros objectivos (internos) por alcançar, Nuno Lopes, Nuno Resende e Jordi Garcia irão abandonar no final desta época o comando técnico das equipas que agora comandam.

Nuno Lopes sai da equipa mas não deverá deixar o clube que apaixonadamente representa. O treinador que desde Fevereiro de 2014 viveu uma volta de 180º no paradigma leonino - de lutar para não descer à conquista europeia e a almejar o título - deverá ser a ponte entre a formação e a equipa principal, ficando à frente da equipa de Sub-20.

Nuno Lopes pode lograr o inédito feito entre equipas portuguesas de vencer duas edições consecutivas da CERS.

Nuno Resende chegou no final de Setembro a Matera e pegou "de estaca" no hóquei transalpino. A excelente campanha da sua equipa, que terminou a primeira fase com os mesmos pontos do primeiro e a defesa menos batida, levou ao convite do Lodi, forte possibilidade para o técnico continuar a sua carreira em Itália. Pese até ter terminado a primeira fase atrás do Matera, o Lodi é um emblema com outros pergaminhos - este ano conquistou a Coppa Itália - e para a próxima temporada já garantiu o concurso de Giullio Cocco, estrela maior entre os jovens talentos italianos.

Jordi Garcia abraça o desafio do Vendrell. Depois das excelentes campanhas de Guillem Cabestany, Pere Varias (a terminarem em lugares da Liga Europeia) e Guillem Perez, que a cinco jornadas do fim (com um calendário de arrepiar - defronta Barcelona, SHUM, Vic, Liceo e Reus) tem o Vendrell num quarto lugar que daria novamente acesso à prova maior de clubes, Jordi Garcia foi o escolhido. E, depois de cinco temporadas ao serviço do Vilafranca, Jordi não vai sozinho. Consigo deverá levar para Vendrell nada menos do que o capitão Marc Navarro, a estrela Roger Rocasalbas e o consagrado Edu Fernandez. A título de exemplo, foram os três autores dos golos com que o Vilafranca venceu o Reus na segunda mão dos quartos-de-final da CERS.

Jordi Garcia irá assumir o lugar de Guillem Perez no Vendrell

Para o lugar destes três treinadores, já estão indicados os "senhores que se seguem". Guillem Perez (Vendrell) assume o comando técnico do Sporting, Diego Mir (PAS Alcoy) liderará o Matera e Josep Lluis Delriu estará à frente do Vilafranca - clube onde começou a patinar - depois de um ano de afastamento dos bancos.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade