Vídeos

Que os jogos comecem

May 14, 2016

Esta sexta-feira foi oficialmente lançada a Final Four da Liga Europeia 2015/16.

No Auditório do Museu Cosme Damião, os treinadores das quatro equipas que marcarão presença apresentaram as suas expectativas para os jogos, em particular das meias-finais, próximo passo rumo à desejada final.

Com as atenções viradas para o Clássico europeu entre Benfica e Barcelona, os protagonistas da outra meia final, Tó Neves e Pierluigi Bresciani, mostraram igualmente ambição. Congratularam-se pela presença nesta fase da prova e prometeram lutar por um lugar na final.

Ricard Muñoz recusou o favoritismo do Barcelona. O habitual candidato número 1 – a tudo aquilo em que entra – passou esse “fardo” ao clube que organiza a Final Four, o Benfica. Do lado dos encarnados, Pedro Nunes sublinhou o valor das quatro equipas presentes – as melhores da Europa por estarem nesta fase – e recusou um cabal favoritismo encarnado.

Toda a conferência de imprensa dos técnicos desta Final Four pode ser vista ou revista aqui:

Protocolar

Antes de falarem os treinadores, tiveram a palavra as entidades oficiais envolvidas na organização da prova e desta Final Four.

Fernando Claro (presidente do CERS), Fernando Graça (presidente do CERH), Paulo Rodrigues (vice-presidente da FPP para o Hóquei em Patins) e Domingos Almeida Lima (vice-presidente do SL Benfica para as modalidades) deram as boas-vindas à comunicação social e demais agentes da modalidade com a expectativa e promessa de um fim-de-semana de excelente propaganda para o Hóquei em Patins.

Mini-Hóquei

A sessão de lançamento da Final Four contou ainda com uma acção de promoção do Mini-Hóquei. Luís Sénica, Seleccionador Nacional e membro do comité para o desenvolvimento do Hóquei em Patins, apresentou uma vertente da modalidade que em Portugal tarda em assumir-se definitivamente mas que lá por fora já é adoptada como ponte para o futuro.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade