Notícia

Benfica e Porto na decisão da Supertaça

Sep 23, 2016

Este sábado, Benfica e Porto discutem entre si a Supertaça António Livramento pela décima vez na história da competição.

No Pavilhão Municipal da Mealhada, o campeão nacional e o vencedor da Taça encontram-se para disputar o primeiro troféu oficial de uma temporada que promete emoções fortes.

Benfica e Porto lutaram por um título no fecho da última temporada e abrem a nova com outro título em disputa

Com apenas duas alterações em cada equipa, Pedro Nunes e Guillem Cabestany voltam a estar frente-a-frente três meses volvidos sobre a final da Taça de Portugal, que os dragões venceram por 4-2. De resto, o Porto venceu os dois últimos embates com o Benfica, tendo vencido, antes da decisão da prova-rainha, para o Campeonato. No entanto, os encarnados entraram em rinque para aquela que seria a primeira derrota na prova, à 24ª jornada e por 4-2, já coroados campeões nacionais.

Luís Peixoto, Orlando Panza e Joaquim Pinto dirigem a Supertaça

A decisão do troféu está agendada para as 20h30, com a primeira transmissão da TVI24 depois de anunciado o protocolo com a FPP para os próximos quatro anos. Esperam-se números históricos para o canal informativo da estação sediada em Queluz que, depois da Elite Cup, reforça a aposta no Hóquei em Patins. Esta transmissão da Supertaça antecede o arranque das transmissões do Nacional.

A Supertaça joga-se a partir das 20h30, com transmissão na TVI24.

Ficam alguns factos sobre a história da Supertaça:

Esta é a 34ª edição da Supertaça, atribuída desde 1983. A primeira e a última edições realizadas foram conquistadas pelo Sporting, detentor do troféu.

Todas as edições contaram com Benfica ou Porto ou ambos.

Porto (24) e Benfica (18) lideram uma lista de presenças onde só Óquei de Barcelos (7), Sporting (6) e Oliveirense (5) têm também mais do que uma presença. Valongo, Sanjoanense, Paço de Arcos, Académico de Cambra, Braga e Juventude de Viana estiveram presentes numa só ocasião.

Para além de Porto (19 triunfos) e Benfica (7), apenas Barcelos (4), Sporting (2) e Valongo (1) venceram a Supertaça.

O Valongo é o único emblema a nunca ter perdido na Supertaça - só participou em 2014 e venceu.

Sporting (1985) e Barcelos (1996) optaram por não disputar o troféu. São duas das conquistas do palmarés dos dragões.

Houve nove confrontos directos entre dragões e águias para decidir a Supertaça. O Porto venceu sete e o Benfica dois.

No último confronto directo, em 2010, o Benfica venceu por 8-4. João Rodrigues, então com 20 anos, esteve em destaque ao apontar quatro golos.

As últimas conquistas de Porto e Benfica remontam, respectivamente, a 2013 e 2012.

O Benfica foi finalista vencido nas duas últimas edições.

Na decisão da Supertaça, o Porto só perdeu com Benfica e com Barcelos, tendo apenas saldo negativo com os "galos": em quatro ocasiões perdeu três vezes.

Poucas mudanças

Para a temporada que agora arranca, as duas equipas apostaram na continuidade, trocando apenas um guarda-redes e um jogador de pista. Na baliza, entra no Benfica Diogo Almeida e sai Pedro Henriques, enquanto no Porto entra Carles Grau e sai Edo Bosch.

Entre os reforços das duas equipas, Ton Baliu parte como o mais influente

Para a frente, o Benfica recrutou em "casa" o ex-júnior João Sardo para colmatar a saída de Marc Torra, ao passo que o Porto recrutou na Catalunha, com a chegada do ex-capitão do Igualada, Ton Baliu, para o lugar de Álvaro Morais.

Elite Cup na antecâmara da Supertaça

Uma semana antes da realização desta Supertaça, encarnados e azuis-e-brancos estiveram presentes na Elite Cup. Valendo o que vale em sede de pré-temporada, Benfica (afastado pelo Sporting nas "meias") e Porto evitaram o confronto directo, situação que Guillem Cabestany afirmou preferir.

Demolidor nos dois primeiros dias, o Porto venceu a Juventude de Viana por 9-2 e a Oliveirense por 9-3. Caíria na final com o Sporting (3-1), para um saldo final de duas vitórias e uma derrota, 19 golos marcados e oito sofridos.

Diogo Almeida saiu lesionado, mas não deverá ser impeditivo de estar na Supertaça

O Benfica entrou com uma vitória por 6-1 frente ao Turquel, mas não mais voltou a vencer. Foi afastado da final pelo Sporting (6-7) e no jogo de atribuição dos 3º e 4º lugar perdeu com a Oliveirense (1-6), num jogo em que Diogo Almeida saiu lesionado (menos grave do que aparentava, a lesão não será impeditiva da participação do guarda-redes nesta Supertaça). Os encarnados terminaram então com uma vitória e duas derrotas e um saldo negativo de 13 golos marcados e 14 sofridos.

Bilhetes a 10 euros

Os bilhetes para este aguardado encontro só serão colocados à venda no dia do jogo, a partir das 15h. O Pavilhão Municipal da Mealhada tem uma capacidade de 1000 lugares sentados e os bilhetes terão o custo de 10 €. A entrada será interdita a menores de quatro anos e a venda será limitada a cinco bilhetes por pessoa.

Desde logo, a cada um dos clubes envolvidos na disputa do troféu, serão disponibilizados 250 bilhetes.

Jogos relacionados

FC Porto
13 : 7
24 Set 20h30
SL Benfica
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade