Notícia

Uma lição de Filipe Santos

Nov 03, 2016

A equipa que trata de todos os pormenores na Eurockey, é multidisciplinar, não apenas no âmbito profissional e nas tarefas que são atribuídas a cada um, mas também nas disciplinas desportivas de onde provêem.

Oriol Besalú é um dos colaboradores da "Eurockey Team". Jogador de futebol no Racing Sarriá, nunca ouvira falar de um tal de Filipe Santos, agora coordenador da formação portista, que tantos elogiavam.

A curiosidade levou-o ao YouTube.

Quando as últimas equipas recolhem aos balneários, não é raro ver os colaboradores da Eurockey que não estão directamente ligados ao Hóquei em Patins a tentarem a sua sorte de grande penalidade ou livre directo... ainda que sem patins. Em Les Casernes, a encerrar o dia que definiu os finalistas Sub-15 da competição, e inspirados pelo vídeo já com perto de 17 mil visualizações só no YouTube, tentavam imitar Filipe Santos que, num jogo em que o Porto já foram consagrado campeão nacional da temporada 1999/2000, fazia magia de cara pintada à Braveheart frente ao Paço de Arcos.

O protagonista desceu ao rinque para mostrar a Oriol Besalù como se faz e o jogador catalão - de futebol - conta-nos como foi e o que o faz trocar uns dias os relvados pelos rinques. E pisca o olho à contratação para o hóquei em patins do FC Porto.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade