Notícia

Follonica perde outra vez o goleador

Apr 25, 2018

Foto de capa: Gabriele Baldi

O Follonica vai voltar a perder o seu homem-golo.

Quando, no último defeso, Marinho - melhor marcador da Legahockey com 52 golos - se decidiu pelo regresso a Portugal (para representar o Óquei de Barcelos), o Follonica já "fechara" com o argentino (com dupla-nacionalidade espanhola) Lucas Martinez, do Monza. Mas, finda a actual temporada para o Follonica com o afastamento nos quartos-de-final da Legahockey, Lucas anuncia a sua saída.

Martinez fixou-se em Itália em 2015, no Monza, e não tardou a causar impacto, fazendo jus a uma fama de goleador que o precedia. Na sua primeira temporada apontou 56 golos, o que lhe valeu a "stecca d'oro" (título de melhor marcador), seguindo-se 41 na temporada seguinte e o chamamento do Follonica, mas também da selecção argentina. Em 2017, o atacante esteve em Montreux com alguns dos "monstros" da selecção albiceleste, mas, com tantas estrelas disponíveis, não conseguiu uma vaga para o Mundial de Nanjing.

Esta temporada, Lucas Martinez manteve a bitola, somando 43 golos - contra 22 do segundo mais profícuo, Davide Banini - na Legahockey, onde terminaria como quarto na lista de goleadores, mas o tento mais importante terá surgido na Coppa Italia. Frente ao Forte, na final da prova, o letal avançado, que este este ano completa 30 anos de idade, apontou o derradeiro tento no 3-2 que valeu o regresso dos "follonese" aos títulos.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade