Diário

Hóquei Diário / 26 de Maio de 2018

May 26, 2018

Dérbi na corrida ao título

Depois do Clássico entre Porto e Benfica, o Dérbi entre Benfica e Sporting. O dérbi que mais paixões move é decisivo para as aspirações de águias (61 pontos) e leões (62). Mas também dos dragões (61).

Saltando para os hipotéticos desfechos do Dérbi Capital, uma vitória do Benfica deixa os encarnados com uma mão no título. Ainda que tenha de vencer nas duas derradeiras jornadas Infante Sagres e Grândola, poucos acreditarão - embora tal não seja certo - na perda de pontos frente aos dois últimos da tabela classificativa. E, em caso de vitória este sábado, a equipa de Pedro Nunes pode mesmo celebrar na próxima jornada, caso o Porto perca este sábado na recepção à Oliveirense e vença na próxima ronda no João Rocha.

Para o Sporting, que lidera, as contas são ainda mais simples. Se vencer nesta jornada e na próxima, é campeão 30 anos depois. Mas, mais complicados que as contas, são os adversários. Os leões deslocam-se este sábado à Luz e na próxima jornada recebe o Porto.

Em caso de empate, encarnados e verde-e-brancos poderão ver os azuis-e-brancos passar para a frente. Ficaria o Benfica à espera de deslizes alheios do Porto no João Rocha e do Sporting, na última jornada, em Oliveira de Azeméis, enquanto o Sporting continuaria a depender de si, mas com mais duas tarefas hercúleas nas duas derradeiras jornadas. Vencer o Porto no João Rocha e a Oliveirense no Salvador Machado.

Sem o mesmo carácter de decisão, mas igualmente importante é o confronto entre Porto e Oliveirense. Ainda que as duas equipas tenham objectivos distintos.

O Porto vem de dois resultados adversos no Dragão Caixa (derrota para a Liga Europeia com o Barcelona e empate com o Benfica) e está dependente dos resultados dos rivais da Segunda Circular para almejar à revalidação do título. Mas terá de vencer uma Oliveirense que, apesar de afastada do título, tem de selar o quarto lugar (de acesso à Liga Europeia) e tem o Valongo à espreita, a apenas quatro pontos.

Os jogos agendados para a 24ª e antepenúltima jornada do Campeonato Nacional

• Benfica vs Sporting, 15h (com arbitragem de Luís Peixoto e Ricardo Leão)

• Porto vs Oliveirense, 15h (Paulo Rainha e Joaquim Pinto)

• Valença vs Turquel, 21h30 (Orlando Panza e Sílvia Coelho)

• Braga vs Tomar, 17h (Júlio Teixeira e Paulo Almeida)

• Valongo vs Juventude de Viana, 18h30 (José Pinto e Rui Torres)

• Paço de Arcos vs Infante Sagres, 21h (Miguel Guilherme e João Duarte)

• Óquei de Barcelos vs Grândola, 21h30 (Florindo Cardoso e Porfírio Fernandes)

Saiba mais: "Peixoto e Leão no Dérbi Capital"

Saiba mais: "Sporting sem bilhetes para o Dérbi"

Saiba mais: "Campeonato Nacional da I Divisão"

Campeões do Mundo de Sub-20 em Barcelos?

Segundo O Jogo, Álvaro Morais ("Alvarinho", Porto), Gonçalo Nunes (Paço de Arcos) e Gonçalo Meira (Braga) poderão ser reforços do Óquei de Barcelos para a próxima temporada. Campeões do Mundo de Sub-20 em 2015 (Alvarinho e Nunes) e 2017 (Nunes e Meira), os três jogadores serão uma clara aposta nos valores emergentes do Hóquei em Patins nacional, merecendo relevo particular esta temporada de Gonçalo Nunes, quarto melhor marcador do Campeonato. Alvarinho e Gonçalo Meira voltariam a vestir uma camisola que já vestiram no passado

Nos barcelenses, finalistas da Taça CERS, certa é para já a saída de Mário Rodrigues ("Marinho"). Actualmente em oitavo, a equipa orientada por Paulo Pereira está a apenas dois pontos do sexto (Juventude de Viana e Tomar) e a já distantes - ainda que não impossíveis de anular - sete do quinto, Valongo.

Gonçalo Nunes

Marin bate recorde

Raul Marin bateu esta sexta-feira o recorde de golos numa edição da OK Liga - que se realiza desde 2002 - ao chegar aos 58 com dois golos na derrota por 6-3 do Reus em Lleida. O capitão "reusence", de 31 anos, passou o registo de Pablo Alvarez em 2014, quando o atacante argentino conseguiu 56.

Saiba mais: "Marin bate recorde de golos na OK Liga"

Lugar na CERS em jogo

Arenys de Munt, Palafrugell e Asturhockey descem. Barcelona campeão, Liceo segundo, Reus e Noia também na Liga Europeia. Lleida, Igualada, Girona já garantiram presença na Taça CERS, onde ainda há duas vagas, a grande dúvida que restou para a última jornada da OK Liga.

De Voltregà, Vendrell e Caldes, um ficará fora das competições europeias na próxima temporada. Entrando na 30ª e última jornada com 41 pontos, as três equipas jogam a partir das 18h locais os objectivos da próxima temporada. O Voltregà recebe um Liceo que já não sai do segundo lugar, o Caldes joga nas Astúrias com um Asturhockey já despromovido e o Vendrell joga em Girona, onde o bilhete para a CERS já foi garantido pela equipa local.

João Ramalho vai com Renato Castanheira

O Alcoy anunciou esta sexta-feira o fecho do plantel para a próxima temporada com o acordo com o argentino Agustín Dominguez e o português João Ramalho. João Ramalho, que chegou no último defeso à Juventude de Viana, junta-se assim ao também português Renato Castanheira na lista de reforços de Sergi Punset para 2018/19.

Saiba mais: "João Ramalho fecha plantel do Alcoy"

Cacau no Sandrigo

Cacau, de 38 anos, vai continuar em Itália. E bem perto de Breganze, onde regressou no último defeso.

O internacional brasileiro vai reforçar o Sandrigo, sediado a menos de 10 km da equipa que representou na temporada que agora termina, dando continuidade ao seu percurso em terras transalpinas, onde, além de Breganze (2017/18 e 2013/15), representou também o Bassano (2008/10) e o Pieve 010 (2016/17). No entanto, a carreira de Cacau - Cláudio Selva Filho - está umbilicalmente ligada a Portugal, onde chegou em 2000.

Cacau

Depois de uma primeira temporada em Porto Santo, representou a Nortecoope ao longo de seis temporadas, reforçando o Óquei de Barcelos em 2006. Daí sairia para o Bassano, mas regressaria duas temporadas depois para o relançamento do Benfica nos títulos e conquistaria, entre outros, o Campeonato Nacional em 2012 (após 13 anos de jejum dos encarnados), uma Taça CERS (2011) e uma Liga Europeia (2013).

Regressou a Itália, mas, volvidas duas temporadas, voltou a ser chamado de Portugal. Em fase de crescimento, o Sporting apostou em 2015 no brasileiro, mas a temporada não correria de feição aos leões, e Cacau voltou à "bella Italia" logo no ano seguinte.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade