Notícia

Três nos 'oitavos' e o Barcelos a protestar afastamento

Nov 18, 2018

Tomar, Turquel e Juventude de Viana carimbaram o passaporte para os oitavos-de-final da Taça WSE, em que defrontarão, respectivamente, Sarzana, Viareggio e Voltregà. O Barcelos apresentou protesto da falta de comparência que lhe foi averbada e aguarda decisão. Para já, está fora dos “oitavos”…

Apesar de levar na bagagem uma vantagem de dois golos, a missão do Tomar seria a mais complicada entre as das equipas portuguesas. No entanto, os nabantinos seguraram o apuramento.

Logo à passagem do segundo minuto, o Caldes, que segue em segundo na competitiva OK Liga, inaugurou o marcador, reduzindo a vantagem do Tomar a apenas um golo. Mas os pupilos de Jorge Godinho nunca perderam o foco e restabeleceram a igualdade a dois minutos do intervalo. E essa foi a toada do jogo para a segunda parte.

A cada golo do Caldes, o Tomar respondia com a igualdade no jogo, nunca deixando que a sua vantagem na eliminatória fosse totalmente anulada, até que o 4-4, por Joka (bisou, tal como o capitão Ivo Silva), no último minuto, arrumou a questão do apuramento.

Em Portugal, Turquel e Juventude de Viana viveram noites bem distintas, mas terminaram com o lugar nos “oitavos” garantido.

Na “Aldeia do Hóquei”, os alemães do Walsum, com o português Nuno Rilhas, mostraram que o empate a quatro da primeira mão não foi um acaso e discutiram a eliminatória palmo-a-palmo e até final. O Turquel suou para vencer por 5-4 e assim garantir o lugar na ronda seguinte, numa noite bem mais quente do que a vivida a norte, em Viana do Castelo.

Os austríacos do Dornbirn apresentaram-se em Monserrate sem delegado e viram ser-lhes averbada uma derrota, de falta de comparência, espelhada num resultado de 10-0 para a equipa de André Azevedo, que confirmou um apuramento esperado. Houve jogo, mas só jogo-treino, e o resultado até nem foi muito diferente: a Juventude de Viana venceu o apronto por 10-2.

Mas esta não seria a única falta de comparência da ronda na Taça WSE. Em França, o Óquei de Barcelos não levou treinador a jogo para defrontar o Nantes e foi penalizado com a correspondente derrota por 10-0, que poderá levar a um raro duelo gaulês – entre Nantes e Coutras – nos oitavos-de-final da competição. “Poderá” porque os barcelenses apresentaram protesto e ficam a aguardar decisão disciplinar célere do comité europeu, sendo que o tempo escasseia… a primeira mão da próxima eliminatória está marcada já para 1 de Dezembro.

Do desfecho destes 16-avos-de-final, destaque ainda para a vitória clara do Diessbach, orientado por Carlos Silva, sobre o La Vendéenne, que tem tradição na Europa, por 5-1, indo agora a equipa helvética defrontar os catalães do Igualada. Entre catalães, destaque para o embate agendado entre Girona e Lleida, naquele que será o grande confronto dos oitavos-de-final.

Resultados da 2ª mão dos 16-avos-de-final

• Nantes 10-0* Óquei de Barcelos (4-5 na primeira mão)

• Caldes 4-4 Tomar (2-4)

• Juventude de Viana 10-0* Dornbirn (5-2)

• Uttigen 4-10 Wolfurt (4-5)

• Biasca 7-3 Iserlohn (5-4)

• Uri 1-13 Igualada (1-7)

• Girona 7-1 Darmstadt (6-1)

• Turquel 5-4 Walsum (4-4)

• Diessbach 5-1 La Vendéenne (6-6)

• Dusseldorf 2-7 Valdagno (2-11)

• Noisy Le Grand 3-3 Sarzana (2-6)

• Remscheid 3-2 (0-2 gp) Coutras (3-4)

(* falta de comparência)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade