Breve

Sporting goleia Sarzana e confirma (re)encontro com o Porto

Sep 28, 2019

Com uma vitória sobre o Sarzana por 7-0, o Sporting junta-se ao Porto na decisão da 39ª edição da Taça Continental.

Fora praticamente um passeio para o Porto e para o Sporting não foi muito diferente, com as equipas a confirmarem a sua clara superioridade sobre os modestos Lleida e Sarzana.

Na segunda meia-final, o Sporting entrou praticamente a vencer, com Pedro Gil a serpentear entre os adversários para inaugurar o marcador.

Possivelmente, desde cedo a pensar na final, os leões entregaram a posse de bola à formação italiana, mas, com alguns jovens rebeldes, como o fantasista Fantozzi, a equipa de Alessandro Bertolucci obrigou o Sporting a ir matar o jogo.

E, com tentos de João Souto aos oito minutos e de Ferran Font aos 12 (quando já tinham entrado os quatro jogadores que tinham começado no banco), o Sporting acalmava a rebeldia dos rossoneri, em particular dos seus jovens argentinos com Ipinazar, que já estava na pretérita temporada, e Jeronimo Garcia a mostrarem bons pormenores. Mas pouca efectividade.

Font desperdiçara um livre directo perante Simone Corona – que, apesar dos golos sofridos, fez uma boa exibição - a escassos segundos do intervalo e o Sporting entrou em superioridade numérica na etapa complementar, mas não aproveitaria. Seria à segunda vantagem numérica, depois de azul a Borsi, que Souto se redimiria do correspondente livre directo não concretizado, com o quarto golo dos leões.

O jogo estava decidido, mas os jogadores do Sarzana queriam mostrar o seu talento. No entanto, à entrada dos 10 minutos finais, Bertolucci perdeu Fantozzi, expulso, e a equipa ressentiu-se.

Raul Marin e Toni Perez marcaram com dedicatória particular a Caio, cujo pai faleceu esta noite, e Gonzalo Romero fechou as contas da partida.

Na final, este domingo a partir das 17, Sporting e Porto defrontam-se na quarta decisão entre equipas portuguesas. Em 1986, o Porto venceu a Sanjoanense (na única conquista dos dragões na prova); em 1991, o Óquei de Barcelos venceu o Sporting; e em 2016, o Benfica venceu o Óquei de Barcelos.

O Sporting nunca venceu a prova, mas já quebrou um enguiço. Nas duas edições decididas em Final Four, o organizador nunca passara à final.

A final entre Sporting e Porto será a reedição da final da Liga Europeia, em Maio último, no mesmo palco, então com os leões a vencerem por 5-2, numa das três decisões em que azuis-e-brancos e verde-e-brancos decidiram um troféu.

Antes, em Outubro de 2018, o Porto venceu o Sporting na Supertaça António Livramento por 4-1, e, depois da Liga Europeia, há menos de uma semana, o Porto venceu a Elite Cup no desempate por livres directos, por 4-3, depois de um empate a dois no tempo regulamentar.

Sporting 7-0 Sarzana

Árbitros: Jose Gomez e Toni Ribó

Marcha do marcador

Primeira parte: 1-0 Pedro Gil, 2-0 João Souto, 3-0 Ferran Font

Segunda parte: 4-0 João Souto, 5-0 Raul Marin, 6-0 Toni Perez, 7-0 Gonzalo Romero

Sporting

Cinco inicial: Ângelo Girão (gr), Pedro Gil (1), Alessandro Verona, João Souto (2) e Matias Platero

Jogaram ainda: Gonzalo Romero (1), Ferran Font (1), Toni Perez (1), Raul Marin (1) e Zé Diogo (gr)

Treinador: Paulo Freitas

Sarzana

Cinco inicial: Simone Corona (gr), Davide Borsi, Jeronimo Garcia, Francesco Rossi e Fran Ipinazar

Jogaram ainda: Andrea Fantozzi, Juan Jose Moyano e Andrea Perroni

Treinador: Alessandro Bertolucci

Disciplina

Azul a Raul Marin, Francesco Rossi (2), Davide Borsi e Ferran Font

Vermelho a Andrea Fantozzi.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade