Notícia

Lodi e Forte também 'ficam em casa'

Aug 10, 2020

Depois do Trissino ter anunciado a renúncia à participação nas competições europeias, é a vez de Lodi e Forte abdicarem das provas além-fronteiras.

A decisão das duas mais competitivas equipas italianas é conhecida no dia em que termina o prazo dado pelo comité europeu para as inscrições serem realizadas.

Em comunicado publicado na página de facebook do Lodi, aquela sociedade lamenta a necessidade de tomar a decisão, mas sublinha que as soluções apresentadas pelo organismo europeu não garantem a "sustentabilidade organizacional e económica, tendo em conta as numerosas incógnitas que persistem em relação à evolução da pandemia, tanto a nível nacional como internacional".

De resto, no comunicado é lamentado também que as propostas de uma prova por eliminatórias - ao invés de fase de grupos - ou a redução a 12 equipas não tenham sido tido em conta, obrigando Lodi e Forte a reverem a sua posição.

Recorde-se que na pretérita temporada, com Nuno Resende ao leme, o Lodi tinha garantido o apuramento para os quartos-de-final num grupo que contava para o Sporting, campeão em título. Na próxima temporada, Lodi e Forte abdicam quer da Liga Europeia, quer da Taça WSE, esperando-se agora as posições de Bassano e Scandiano em relação às competições europeias. De qualquer forma, as ausências transalpinas já confirmadas deixam marcas nas provas internacionais...

A lista definitiva das equipas que participam na Liga Europeia, Taça WSE e Taça da Liga Feminina deve ser conhecida nos próximos dias.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade