Notícia

Castigado em cinco jogos, Nuno Lopes falha 'quartos'

Apr 08, 2021

O Tomar viu dois processos disciplinares consumados em multas e um castigo pesado ao treinador. O castigo de cinco jogos a Nuno Lopes custa-lhe desde já os "quartos" e pode  ir até à próxima época. #Disciplina #PrimeiraDivisão

As declarações sobre a arbitragem do treinador Nuno Lopes e do presidente Ivo Querido Santos no final do jogo que opôs o Tomar ao Óquei de Barcelos levaram à abertura de dois processos disciplinares. E foram punidas com castigos exemplares.

Nuno Lopes viu o processo pelas declarações em Viana do Castelo ser arquivado, mas, desta feita, levou a maior punição a um treinador esta época, com uma suspensão de cinco partidas e a multa de 332.50 euros.

Os cinco jogos de suspensão ditam desde já o afastamento do técnico na recepção ao Riba d'Ave, na última jornada da fase regular, e os dois primeiros jogos no play-off, nos quartos-de-final. Caso o Tomar jogue a "negra", também não contará Nuno Lopes no banco. E, se passar às "meias", não contará com treinador no primeiro ou nos dois primeiros jogos.

No pior cenário, em que o Tomar é afastado nos "quartos" em dois jogos, o castigo de Nuno Lopes estender-se-á às duas primeiras jornadas da próxima edição do Campeonato Nacional da I Divisão.

Já as palavras do presidente Ivo Querido Santos mereceram uma multa ao clube de 665 euros. É a primeira multa da temporada ditada por críticas institucionais, que não têm faltado, mas na forma de comunicados.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade