Notícia

Portugueses entram a vencer e pressionam catalães

Apr 10, 2021

Porto e Sporting entraram com o pé direito na fase preliminar, vencendo Noia e Reus. Os dragões ainda apanharam um grande susto, mas a pressão está este sábado do lado dos catalães, que terão de vencer Óquei de Barcelos e Oliveirense. #LigaEuropeia

Porto e Sporting confirmaram o seu estatuto de cabeças-de-série da fase preliminar da Liga Europeia ao conquistarem três pontos frente a, respectivamente, Noia e Reus. Mas, em particular os dragões, não tiveram a vida facilitada.

Frente a um Noia que é apontado como o "elo mais fraco" desta reduzida Liga Europeia, o Porto terá entrado demasiado confiante e, aos 13 minutos, perdia por três golos. Pol Manrubia bisou e Xavi Costa marcou pelo meio para um inesperado 0-3.

Guillem Cabestany conhece bem o espírito combativo de um Noia em que foi figura enquanto jogador e terá respirado de alívio quando Xavi Barroso estancou a "fuga" dos catalães com o primeiro dos dragões. E Carlo Di Benedetto relançou o jogo antes do intervalo, reduzindo para a margem mínima.

Na segunda parte, o Noia voltou a marcar primeiro, com  um endiabrado Manrubia a selar um hat-trick, mas o Porto reduziu novamente, por Gonçalo Alves. Depois, num piscar de olhos, Ezequiel Mena e Xavi Barroso viraram o resultado e o Noia de Ferran López não encontrou forças para mais. Carlo Di Benedetto e Gonçalo Alves voltaram a marcar para um 7-4 enganador quanto às dificuldades sentidas. À atenção do Óquei de Barcelos, que defronta o Noia este sábado.

Sporting inicia (outra) defesa do título

Frente ao Reus, o Sporting iniciou da melhor maneira a segunda oportunidade de defesa do título conquistado em 2019.

Na primeiro oportunidade, na pretérita temporada, os leões já estavam afastados da fase final. Mas a pandemia interrompeu (e cancelou) a competição, mantendo a insignia de campeão na camisola verde-e-branca para esta temporada.

O Sporting entrou melhor e foi com naturalidade que se adiantou aos nove minutos, só conseguindo no entanto marcar - por Toni Pérez - em superioridade numérica, depois de azul a Salvat e de Ferran Font ter desperdiçado o respectivo livre directo.

Sem poder contar com Raul Marin, lesionado, Jordi Garcia lançou o madrileno Pablo Najera, que agitou o ataque "roginegro", mas seria o Sporting a voltar a marcar, aos 15 minutos, com um tento de João Souto sobre o limite do tempo de ataque.

Najera ganharia uma grande penalidade, que Àlex Rodriguez transformou em golo, mas, de livre directo, Ferran Font faria o 3-1 - surpreendendo com um remate pronto - com que se chegou ao intervalo.

Na segunda parte, o Sporting recuou e deu a iniciativa ao Reus. Um pouco a recordar o confronto que, há cerca de seis anos, valeria a conquista da Taça CERS aos leões em Igualada. Mas, desta vez, com outros argumentos (por exemplo, com Matías Platero a trocar de "lado"), os leões resolveram a questão em tempo útil.

O Reus ainda reduziu para a diferença mínima num "tiro" de Àlex Rodriguez de livre directo, mas não conseguiram voltar a bater Ângelo Girão antes do Sporting arrumar a questão do vencedor da partida.

Dois golos a 11 minutos do término decidiriam a contenda a favor dos leões. Primeiro Gonzalo Romero arrancou rápido e serviu Telmo Pinto com mestria para o 4-2. Logo depois, após um azul a Ferran Giménez, o próprio Romero assinaria o 5-2.

O Sporting resguardou-se na preciosa vantagem de três golos. Romero ainda desperdiçou um livre directo e Àlex não faria melhor perante Girão. Caberia a Pablo Najera um merecido prémio por uma boa exibição. O jogador madrileno reduziria para 5-3 já nos dois minutos finais.

Este sábado, o Reus joga a manutenção das suas aspirações na prova frente à Oliveirense, numa reedição da final de 2017. Tal como o Noia, a equipa de Jordi Garcia também está obrigada a ganhar.

Jogos

Sexta-feira, 9 de Abril

• Grupo A • Porto 7-4 Noia

• Grupo B • Sporting 5-3 Reus

• Grupo C • Barcelona 2-2 Liceo

Sábado, 10 de Abril

• Grupo A • Noia vs. Óquei de Barcelos • 12h

• Grupo B • Reus vs. Oliveirense  • 15h

• Grupo C • Liceo vs. Benfica • 18h

Domingo, 11 de Abril

• Grupo A • Óquei de Barcelos vs. Porto • 14h

• Grupo B • Oliveirense vs. Sporting • 17h

• Grupo C • Benfica vs. Barcelona • 20h

Classificação

Grupo A

1º Porto (1 jogo, 3 pontos, 7-4 golos, 10 faltas)

2º Óquei de Barcelos (0 jogos, 0 pontos, 0-0 golos, 0 faltas)

3º Noia (1 jogo, 0 pontos, 4-7 golos, 20 faltas)

Grupo B

1º Sporting (1 jogo, 3 pontos, 5-3 golos, 18 faltas)

2º Oliveirense (0 jogos, 0 pontos, 0-0 golos, 0 faltas)

3º Reus (1 jogo, 0 pontos, 3-5 golos, 17 faltas)

Grupo C

1º Liceo (1 jogo, 1 ponto, 2-2 golos, 17 faltas)

2º Barcelona (1 jogo, 1 ponto, 2-2 golos, 21 faltas)

3º Benfica (0 jogos, 0 pontos, 0-0 golos, 0 faltas)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade