Notícia

Benfica categórico

Apr 11, 2021

No grupo que se antevia mais complicado, o Benfica brindou o Liceo com a maior diferença de golos até ao momento, num triunfo por 2-7 com hat-trick de Diogo Rafael. #LigaEuropeia

O início do jogo entre Liceo e Benfica teve o equilíbrio que todos apontavam a este grupo C, mas dois golos das águias aos cinco e sete minutos condicionaram logo a primeira parte. Diogo Rafael inaugurou de grande penalidade e Valter Neves ampliou, obrigando o Liceo a assumir o jogo.

O Benfica, não tão pressionante como habitual, deixou o Liceo ter a iniciativa. Aos 10 minutos, Pedro Henriques segurou a vantagem numa grande penalidade de César Carballeira e "los verdes" foram-se desgastando perante o sólido bloco defensivo das águias.

A seis minutos do intervalo, Roberto Di Benedetto conseguiria mesmo reduzir, num remate de meia distância, mas dois erros ditariam um "abismo" de três golos ao intervalo. Gonçalo Pinto - titular e com muitos minutos - fez o 1-3 num grande gesto técnico a surpreender Carles Grau e Diogo Rafael fixou o 1-4 com que se chegaria ao intervalo.

A desvantagem somava-se ao desgaste de um jogo muito intenso na véspera, frente ao Barcelos, e o Liceo não conseguiu reagir.

Logo no arranque da segunda parte, Pedro Henriques voltou a brilhar nas bolas paradas, defendendo uma grande penalidade de Jordi Adroher. E o guarda-redes encarnado ainda pararia um livre directo do seu ex-colega no Benfica e outro de David Torres...

A meio da segunda parte, Diogo Rafael fez o terceiro da sua conta pessoal e o quinto do Benfica em nova grande penalidade, ficando a vitória totalmente definida nos dois minutos seguintes. Em contra-ataque, Aragonés fez o 1-6 e, de livre directo, Gonçalo Pinto fez o 1-7.

O melhor que o Liceo conseguiria seria reduzir para 2-7, por Marc Grau, mas tal não apagaria uma jogo pálido, depois de uma grande exibição - mas demasiado exigente fisicamente - frente ao Barcelona na véspera.

Apesar do triunfo dilatado, o Benfica ainda precisa de um empate frente aos blaugrana para não depender de outras contas na corrida ao apuramento. Sendo que, quando entrarem em pista, águias e Barcelona (que tem mesmo de vencer) já saberão todas as contas dos outros grupos...

O Liceo junta-se a Noia e Reus como as três equipas definitivamente afastadas da Final Four antes do derradeiro dia de jogo. Curiosamente (ou não), são as três equipas que jogaram consecutivamente nos dois primeiros dias.

Jogos

Sexta-feira, 9 de Abril

• Grupo A • Porto 7-4 Noia

• Grupo B • Sporting 5-3 Reus

• Grupo C • Barcelona 2-2 Liceo

Sábado, 10 de Abril

• Grupo A • Noia 5-5 Óquei de Barcelos

• Grupo B • Reus 1-5 Oliveirense

• Grupo C • Liceo 2-7 Benfica

Domingo, 11 de Abril

• Grupo A • Óquei de Barcelos vs. Porto • 14h

• Grupo B • Oliveirense vs. Sporting • 17h

• Grupo C • Benfica vs. Barcelona • 20h

Classificação

Grupo A

1º Porto (1 jogo, 3 pontos, +3 golos, 10 faltas)

2º Óquei de Barcelos (1 jogo, 1 ponto, +0 golos, 10 faltas)

3º Noia (2 jogos, 1 ponto, -3 golos, 38 faltas)

Grupo B

1º Oliveirense (1 jogo, 3 pontos, +4 golos, 11 faltas)

2º Sporting (1 jogo, 3 pontos, +2 golos, 18 faltas)

3º Reus (2 jogos, 0 pontos, -6 golos, 29 faltas)

Grupo C

1º Benfica (1 jogo, 3 pontos, +5 golos, 15 faltas)

2º Barcelona (1 jogo, 1 ponto, -5 golos, 21 faltas)

3º Liceo (2 jogos, 1 ponto, +0 golos, 33 faltas)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade