Notícia

Público de regresso já este fim-de-semana

Jun 11, 2021

O Governo antecipou as medidas e o público pode regressar desde já aos pavilhões nas competições amadoras e de formação. De fora ficam os jogos da I Divisão e Nacional Feminino e os dos concelhos de Lisboa, Braga, Odemira e Vale de Cambra. #CoViD19

A resolução do Conselho de Ministros 74-A/2021, que regulamenta o alívio das medidas no desconfinamento, e publicado a 9 de Junho produz efeitos já esta quinta-feira, "no dia seguinte ao da sua publicação", prevendo desde já o esperado regresso do público aos recintos desportivos, que estava apontado a 14 de Junho.

"Quanto à prática de todas as atividades de treino e competitivas amadoras, incluindo de escalões de formação, fica admitida a presença de público desde que com lugares marcados, distanciamento, regras de acesso e com limite de lotação correspondente a 33 % da lotação total do recinto desportivo", pode ler-se na resolução.

Não fica excluída a possibilidade de serem pedidos testes a partir de um determinado número de espectadores, a definir pela Direcção-Geral de Saúde, mas tal, como avançado pela ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, só deverá vingar para grandes eventos e só será aplicado quando esse "limite" for efectivamente definido.

Lotação permitida nos pavilhões será de 33% da capacidade dos mesmos.

No âmbito das "actividades competitivas amadoras", poderá assim haver já público nos campeonatos nacionais das II Divisão, III Divisão e Nacional de Sub-23, bem como nas provas de escalões de formação que têm sido promovidas a nível regional.

Ainda sem público continuarão as competições equiparadas a profissionais, como é o caso da I Divisão e do Nacional Feminino. Nessas, que no passado puderam continuar quando as restantes pararam, o regresso do público está previsto apenas para 28 de Junho, já após a conclusão da I Divisão, mas possivelmente a tempo dos derradeiros dois jogos do Nacional Feminino e da Final Four da Taça de Portugal, também no feminino. A não ser que estes tenham lugar em Lisboa, Braga, Odemira ou Vale de Cambra...

Recorde-se que - face ao número de casos positivos observados - os quatro concelhos não avançam para já nas medidas de desconfiamento e o público continuará interdito, independentemente do nível de competição, pelo menos até 28 de Junho.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade