Notícia

Hugo Santos 'fecha a porta' no Dragão

Jul 24, 2021

Hugo Santos integrará o plantel do Porto na nova temporada, regressando depois de ano e meio de empréstimo à Sanjoanense. As provas serão "atacadas" com Ricardo Ares no comando e um grupo - já fechado - de 11 jogadores. #Mercado #PrimeiraDivisão

Sai Cabestany e cai a ideia do catalão de trabalhar com um plantel principal de 10 jogadores, ao invés dos rivais, que já tinham apostado em 11 ou 12. Hugo Santos, de regresso após ano e meio de empréstimo, é o 11º jogador dos azuis-e-brancos, agora às ordens de Ricardo Ares.

É um defeso de mudanças no Dragão, mas muito pela saída de Guillem Cabestany, que esteve seis anos à frente da equipa principal do grupo. A escolha de Ricardo Ares para treinador não deixa de surpreender, mas a base da equipa mantém-se.

O Porto perde apenas dois jogadores neste defeso. Daniel Oliveira ("Poka") e Giulio Cocco chegaram juntos em 2018 e juntos partem agora, terminados os vínculos de três temporadas. O internacional português, com burburinho, ruma ao Benfica, ao passo que o internacional italiano - um dos seis "não seleccionáveis" do Porto - regressa a Itália, para o Trissino.

Com Poka e Cocco chegou também em 2018 Hugo Santos, jovem talento nacional que brilhara na conquista do Campeonato Nacional da II Divisão pela equipa "B" do Benfica. Com pouco tempo de jogo e uma entrada em "falso" (lesionado) na temporada seguinte, seria cedido em Dezembro de 2019 à Sanjoanense. Agora, depois de ano e meio cedido aos alvinegros e com contrato até 2022, está de volta ao Dragão para tentar a afirmação apesar dos seus "tenros" 21 anos.

De azul-e-branco, Hugo reencontra outros dois dos últimos campeões do Mundo de Sub-20 por Portugal, em 2017, na China: Tiago Rodrigues e Carlos Ramos.

O guarda-redes Tiago Rodrigues cumpriu sempre na hora de substituir o mais experiente Xavi Malián, que deverá continuar a ser o "dono" da baliza. Carlos Ramos ("Carlitos") chega do Valongo como uma das maiores promessas do Hóquei em Patins nacional, mas já com várias épocas a "rolar" na I Divisão.

Para os três "benjamins" do plantel, o objectivo é afirmarem-se de forma clara na equipa principal dos dragões, o que não acontece para jogadores tão jovens desde um tal de Hélder Nunes. Depois da agora estrela do Barcelona, Álvaro Morais ("Alvarinho") e o próprio Hugo Santos não conseguiram ter os minutos e preponderância que desejariam.

O Porto mantém a aposta numa equipa de largo futuro. Renovou com o capitão Reinaldo Garcia, que continuará a ser, aos 38 anos, o mais experiente, e nova temporada arrancará com apenas outro "trintão", Malián, de 32. Rafa chegará à casa dos trinta em Novembro.

Continuam também Carlo Di Benedetto, Ezequiel Mena, Gonçalo Alves e Xavi Barroso, ao passo que Telmo Pinto regressa a uma casa que bem conhece depois de dois anos no Sporting, tendo conquistado Campeonato Nacional e a Liga Europeia. Antes de rumar a Sul, fora um dos obreiros do título nacional azul-e-branco de 2019.

Porto 2021/22

Guarda-redes: Tiago Rodrigues e Xavi Malián

Jogadores de pista: Carlo Di Benedetto, Carlos Ramos (ex-Valongo), Ezequiel Mena, Gonçalo Alves, Hugo Santos (ex-Sanjoanense), Rafa, Reinaldo Garcia, Telmo Pinto (ex-Sporting) e Xavi Barroso

Treinador: Ricardo Ares (ex-seleccionador espanhol)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade