Notícia

Vianenses fizeram por ser felizes

Sep 10, 2021

A Juventude de Viana afastou o Benfica nas grandes penalidades, depois de ter realizado uma excelente partida, com uma atitude muito positiva que, em reviravolta, a levou a estar a vencer por dois golos. #EliteCup

Para o último jogo dos quartos-de-final, estava reservada emoção até ao fim. E para lá do fim, com um desempate em castigos máximos. No fim, sorriu a Juventude de Viana.

Nuno Resende e André Azevedo lançaram de início os seus reforços de luxo, Pablo Alvarez e Reinaldo Ventura, duas figuras maiores do Hóquei em Patins nos últimos 20 anos. Mas nem tal valeu mais golos, o tal "sal" que condimenta as partidas.

Na primeira parte, vingou um golo solitário de Diogo Rafael, aos quatro minutos. O Benfica foi quase sempre mais perigoso, com a Juventude de Viana a espreitar o contra-ataque, mas ambas as equipas foram perdulárias.

Na etapa complementar, a Juventude de Viana surgia crente noutro resultado e beneficiou de um azul a Edu Lamas (com o jogo parado) aos cinco minutos para atacar em superioridade. A 10ª falta quase traía a "vantagem" vianense, mas Carlos Nicolia não conseguiu bater um Bruno Guia que já vinha de uns primeiros 25 minutos em excelente plano.

Entre duas equipas de planteis "alargados", ficaram desta vez de fora o encarnado Sergi Aragonés e os reforços vianenses Bekas e João Pedro.

O golo que a Juventude de Viana já fazia por merecer não surgiu em superioridade, mas surgiria. Aos nove minutos, num rápido contra-ataque, Gustavo Lima finalizou para a igualdade.

Ambas as equipas acusaram o golo. A equipa de André Azevedo pela positiva, acreditando na reviravolta. Dois minutos volvidos sobre a igualdade, o Benfica voltava a ficar com um excluído - Nicolia - e desta feita com livre directo contra. Ou, melhor, dois. Remi Herman ainda celebrou no primeiro (decorrente do azul), mas os árbitros não lhe deram o golo pedido. E, meio minuto depois, na 10ª falta das águias, Pedro Henriques - capitão neste jogo - voltava a ganhar o duelo luso-gaulês.

Mas a histórias destes dois minutos de inferioridade ainda não estava escrita. Nem do duelo entre Pedro e Remi. No terceiro capítulo, e em bola corrida, o francês marcava mesmo, aproveitando uma sobra na área encarnada. A Juventude de Viana consumava a reviravolta.

A equipa de Nuno Resende tinha de ir atrás do resultado, mas os vianenses resistiam à tentação de recuarem. A oito minutos do fim, Nicolia desperdiçava uma grande penalidade e o Benfica ia perdendo discernimento e abrindo muito espaço nas costas. As melhores oportunidades cabiam mesmo à Juventude de Viana.

Na pressão encarnada, a três minutos do fim, Pedro Batista via o azul. No livre directo, Bruno Guia voltava a ser herói. A Juventude procurava sobreviver em inferioridade e uma escorregadela de Diogo Rafael, vendo também o azul, foi providencial. Faltava menos de dois minutos e Reinaldo Ventura não perdoou, fazendo o 1-3 que praticamente matava o jogo. Mas o Benfica ainda mexia...

Lucas Ordoñez reduziu, repondo a desvantagem mínima, e - com apenas 13 segundos para jogar - nova grande penalidade assinalada dava uma "derradeira" oportunidade a Nicolia. Que não desperdiçaria.

O 3-3 no final dos regulamentares 50 minutos levava o jogo para o desempate por grandes penalidades.

Gustavo Lima, Poka, Diogo Casanova, Nicolia, Castaño e Edu Lamas não marcaram. Remi Herman marcou. Pablito não. E Reinaldo Ventura decidiu a contenda sem ser necessária uma derradeira grande penalidade.

A vitória coloca os vianenses frente ao Porto nas meias-finais, voltando a Juventude a marcar presença nas "meias", como em 2019. O Benfica defronta o Valongo, com - tal como o rival Sporting - o quinto lugar como melhor classificação possível.

Quartos-de-final

• #1 • Sporting 1-3 Oliveirense

• #2 • Porto 5-0 Valongo

• #3 • Óquei de Barcelos 4-2 Tomar

• #4 • Benfica 3-5 Juventude de Viana (3-3, 0-2 gp)

Meias-finais

• #5 • Oliveirense vs. Óquei de Barcelos • 11.Set • 10h

• #6 • Porto vs. Juventude de Viana • 11.Set • 14h

5º ao 8º lugares

• #7 • Sporting vs. Tomar • 11.Set • 18h

• #8 • Valongo vs. Benfica • 11.Set • 21h

7º e 8º lugares

Vencido #7 vs. Vencido #8 • 12.Set • 9h

5º e 6º lugares

Vencedor #7 vs. Vencedor #8 • 12.Set • 11h

3º e 4º lugares

Vencido #5 vs. Vencido #6 • 12.Set • 13h

Final

Vencedor #5 vs. Vencedor #6 • 12.Set • 16h

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade