Notícia

Alemanha no Europeu, por receio de represálias

Sep 30, 2021

A Alemanha tinha anunciado, numa posição determinada, a renúncia à participação nos Europeus de 2021. Mas, agora, volta atrás e estará em Paredes. "Forçada" pela World Skate, ressalva. #Euro

No "vai-não-vai" que tem caracterizado a Europa do Hóquei em Patins de selecções e de clubes, é a vez da Alemanha recuar na sua decisão de não participação.

Era uma posição de força. Mas, perante as possíveis represálias da World Skate, os alemães decidiram voltar atrás e anunciaram esta quinta-feira a participação no Campeonato da Europa de Seniores, que se realiza em Paredes, entre 14 e 20 de Novembro.

A justificação da Inglaterra para a ausência no Europeu foi aceite, aguardando-se agora a posição de outras federações anteriormente "dissidentes".

A preparação, com algumas ausências mas apontando à melhor prestação possível, contará num grupo alargado com os guarda-redes Leon Geisler e Fynn Hilbertz (Cronenberg) e Jan Kutscha e Luca Brandt (TuS Düsseldorf) e os jogadores de pista Lucas Karschau, Liam Hages e Christoph Rindfleisch (Germania Herringen), Sebastian Haas e Jan Dobbratz (Walsum), Daniel Strieder (Remscheid), Aaron Börkei, Nico Morovic, Lucas Seidler e Sebastian Rath (Cronenberg), Kurt Koch (Darmstadt) e os "estrangeiros" Otto Platz (Saint-Brieuc), Mats Zilken (Alpicat) e Max Thiel (Corregio). Em 2018, na Corunha, no último Europeu realizado, a Alemanha foi 7ª.

Entretanto, perspectivando o congresso da World Skate em finais de Novembro que sustenta a esperança de mudança dos clubes da EHCA e das nações da UERH, Thomas Ullrich já vai adiantando que "não deve haver mudanças significativas" e está preparado para "enfrentar a mesma situação novamente no próximo ano".

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade