Notícia

Alemanha renuncia aos Europeus

Apr 28, 2021

Depois de dar os campeonatos por concluídos, a Alemanha toma uma posição ao renunciar a todos os Campeonatos da Europa agendados para 2021. Pela pandemia e não só... #Europeus

Numa decisão unânime, a federação alemã decidiu renunciar aos cinco Campeonatos da Europa agendados para este ano. Pela pandemia e pela cisão total com a World Skate Europe.

Em conjunto com outras sete federações (Andorra, Áustria, Bélgica, Inglaterra, Israel, Países Baixos e Suíça), a Alemanha apresentou uma proposta para a criação de um Conselho de Administração do Hóquei em Patins europeu que foi chumbada pela World Skate. E, segundo comunicado germânico, tal fundamenta também a decisão de não comparência aos Campeonatos da Europa.

A pandemia deixou marcas desportivas, mas o conflito institucional deixou marcas ainda mais profundas. A federação alemã lamenta que todo o Hóquei em Patins europeu se centre nos três históricos do Sul da Europa e que todos os Campeonatos previstos sejam ali realizados, apontando os Europeus de seniores masculinos e femininos, de Sub-17 masculinos e ainda o torneio de Sub-17 femininos a Portugal e o Campeonato da Europa de Sub-19 a Itália. Cinco competições em que a Alemanha não estará presente.

A federação alemã revela não estar disposta a continuar a "investir tempo e dinheiro dos seus jogadores e clubes" numa associação europeia que "atropela" os interesses do Hóquei em Patins, mas salvaguarda que esta renúncia não significa que as selecções não trabalhem este ano, prometendo coordenar com as outras federações ditas "pequenas" (mas que representam dois terços dos países com Hóquei em Patins na Europa) competições em que o objectivo não seja o melhor lugar possível depois de Portugal, Espanha e Itália...

Presença assídua nas competições de selecções (continentais e mundiais), a Alemanha sagrou-se vice-campeã europeia em duas ocasiões e subiu ao pódio noutras três no masculino, tendo-se mesmo sagrado campeã por duas vezes no feminino. No último europeu masculino, em 2018, a Alemanha terminou em 7º.

Campeonato terminado

Entretanto, em comunicado de passada sexta-feira, a Alemanha seguiu os passos de Suíça e França e deu os campeonatos nacionais como terminados, sem atribuição de títulos e sem haver subidas ou descidas.

Sem competição desde Outubro e sem retoma à vista (os desportos de pavilhão serão os últimos a retomar), a federação alemã avançará para o reembolso das taxas de arbitragem dos jogos não realizados e das taxas de licenças dos jogadores. Foi igualmente decidida a devolução de 50% das taxas de inscrição das equipas, mantendo-se viva a esperança de se realizar a Taça.

Podendo ser disputada num ritmo célere, a federação alemã almeja que a Taça seja uma realidade, ainda que tenha de ser jogada no que habitualmente são as férias de Verão. O regresso à "normalidade" está apontado a Setembro, para a temporada 2021/22.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade