Notícia

França baixa os braços

Apr 09, 2021

Sem perspectivas de retoma, os campeonatos em França foram oficialmente dados como terminados. #CoViD19 #N1Elite

Era uma questão de tempo, uma inevitabilidade perspectivada há muito. Quando a N1 Elite foi suspensas a meio de Outubro, temeu-se o pior. E confirmou-se.

As decisões sobre a retoma foram sucessivamente adiadas para Novembro, Dezembro, Janeiro... e, pese o debate sobre modelos competitivos alternativos, nada pode ser decidido em função das restritivas medidas em França, onde o Hóquei em Patins perdeu estatuto de alta competição há uns anos. Agora, em comunicado, a federação francesa dá como terminadas todas as competições, seniores ou de formação.

Com poucos jogos realizados nas diferentes provas, não há atribuição de títulos em nenhuma categoria ou escalão, nem subidas ou descidas. O Saint-Omer conserva o título atribuído na incompleta pretérita temporada, que defendia com os portugueses Pedro Chambel, João Silva e Xavier Lourenço. Sem perspectivas de jogos em França, "Janeka" e "Xavi" regressaram em Dezembro a Portugal, respectivamente para BIR e Candelária, mas - ingloriamente - também ainda não realizaram qualquer partida na II Divisão.

Para a história fica pouco mais do que a realização da Final Four da Taça, ainda relativa à temporada passada, em Setembro, com os troféus a serem erguidos por Noisy no masculino e Coutras no feminino.

É hora de pensar já em 2021/22.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade