Notícia

Portugueses desequilibram Clássico espanhol

Oct 24, 2021

O Barcelona venceu o Liceo por 8-7 com contributo decisivo de João Rodrigues e Hélder Nunes, com três golos cada e os derradeiros cinco dos blaugrana. João assinaria o golo da vitória a um minuto do fim. #OkLiga

Já lá vai o tempo em que não havia espaço para um português na constelação do Barcelona, tida como a melhor equipa de Hóquei em Patins do Mundo por largos anos. Agora, há dois craques a trajarem de blaugrana, capitão e subcapitão da selecção portuguesa. E este domingo "ganharam" o Clássico.

A visita do Liceo ao Palau Blaugrana ficou desde logo marcada pela morte de Vicente Torres, pai de Dava Torres - que, compreensivelmente, não foi a jogo - e presidente da Federação Galega de Patinagem. Mas, na vontade de homenagear o seu capitão, a equipa de Juan Copa discutiu o resultado.

Aos três minutos, Jordi Adroher serviu Marc Grau para o 0-1 e "los verdes" estavam melhor. Mas, quando, aos 12 minutos, Sergi Llorca viu o azul, o "mago" Adroher não conseguiu desfeitear Sergi Fernández e, mesmo em inferioridade, Hélder Nunes igualou. E, pouco depois, Nil Roca ia praticamente de costa a costa para fazer o 2-1.

Ainda assim, o que sobrava em eficácia ao Barcelona, faltava-lhe em velocidade e intensidade, e o Liceo conseguia restabelecer-se do golpe anímico da reviravolta. A cinco minutos do intervalo, Adroher roubou a bola e isolou-se para bater Sergi Fernandez para a igualdade, que podia mesmo ter desfeito de grande penalidade, mas o guardião blaugrana voltou a estar melhor na bola parada.

Na segunda parte, houve tantos golos (11) que quase parecia um jogo do campeonato português.

Alex Rodriguez, apagado nos primeiros 25 minutos, deu o mote e, apesar de Bargalló empatar a três, faria mais dois golos para um hat-trick que valia a maior diferença da partida a 12 minutos do fim. Depois entraram em cena os heróis lusos.

João Rodrigues reduziu e Hélder Nunes igualou a cinco. Depois, João consumou nova reviravolta e Hélder consolidou-a com o 7-5 a dois minutos e meio do fim. Faltava pouco tempo, mas a história estava longe de estar escrita. Jordi Adroher reduziu e, de grande penalidade, César Carballeira fez o 7-7 com pouco mais de um minuto para jogar. Mas tempo suficiente para João Rodrigues marcar mais um, para um hat-trick como o que conseguira Hélder, e garantir os três pontos para a equipa de Edu Castro.

O Barcelona somou a sétima vitória na OK Liga num Clássico que foi o jogo grande de uma 7ª jornada que arrancou a meio da semana.

Destaque para a vitória do Calafell de "Xano" Edo sobre o Lleida por 3-2, com bis de Sergi Miras, e para a primeira vitória do Caldes (terceiro na última temporada), com um poker de Xavi Rovira. O Noia somou a quarta vitória consecutiva ao vencer em Igualada por 5-6 e o Reus goleou, por 8-1, o Alcobendas, com Ferran Giménez, Pablo Del Rio, Raul Marin e David Gelmá a bisarem.

O Girona de Miguel Fortunato não foi além de um empate a quatro em Palafrugell, pese o hat-trick de Gerard Pujol.

Cumprida a 7ª jornada, a meio da semana ainda há uma derradeira jornada antes da pausa de um mês para o Campeonato da Europa.

7ª jornada

Igualada 5-6 Noia

Voltregà 5-2 Manlleu

Calafell 3-2 Lleida

Reus 8-1 Alcobendas

Alcoi 3-6 Caldes

Barcelona 8-7 Liceo

Palafrugell 4-4 Girona

Classificação

1º Barcelona (21 pontos), 2º Liceo (16), 3º Noia (14), 4º Lleida (12), 5º Reus (11), 6º Calafell (10), 7º Alcoi (8), 8º Voltregà (7), 9º Manlleu (7), 10º Igualada (7), 11º Caldes (6), 12º Palafrugell (6), 13º Alcobendas (6), 14º Girona (5)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade