Notícia

Roberto é a 'prenda' que todos querem

Nov 25, 2021

Com uma grande prestação no Europeu, Roberto Di Benedetto é o 'fruto' mais apetecido para a próxima temporada. O ano de opção com o Liceo não o deverá segurar na Corunha e o destino poderá ficar definido no Natal. #Mercado

O "presente" mais desejado deste Natal, no que aos grandes clubes diz respeito, é Roberto Di Benedetto.

A presença da França na final do Campeonato da Europa, para um segundo lugar que não lograva há 90 anos, é em muito devida a Roberto Di Benedetto. Assinando três golos no triunfo sobre a Itália (havendo a dúvida num quarto) e outros três na vitória sobre Portugal, Roberto foi fundamental na caminhada para a partida decisiva. O empate com Andorra - com dois golos de Roberto - quase deitaram tudo a perder, mas nova vitória com a Alemanha, com mais um golo de Roberto, relançaram as aspirações.

"Robby" ficaria em branco nas duas partidas frente à Espanha, mas, em particular na final, mostrou o vigor que o caracteriza e que o destaca no Liceo, por quem renovou no último defeso por um ano, mais um de opção. Mas o ano de opção não será suficiente para "los verdes" segurarem o "motor" gaulês, tal como anteriormente não conseguiram segurar outras pérolas.

Os maiores clubes da Europa, os tubarões económicos, estão atrás de Roberto. Faltará saber se cede ao piscar de olho do Barcelona ou se é seduzido pelos encantos do campeonato português e pelos projectos de Benfica, Oliveirense, Porto ou Sporting. Em Portugal, as equipas terão de lidar com o entrave dos "não seleccionáveis" para acomodarem o jogador francês. O Benfica tem actualmente seis, obrigando um a ficar sempre de fora. Sporting e Porto (onde encontraria o irmão Carlo) estão no limite e a entrada de Roberto colmataria uma eventual saída. Só a Oliveirense tem, desde já, uma "vaga", mas à equipa de Oliveira de Azeméis, o que pode sobrar em disponibilidade financeira, faltará em peso histórico.

Roberto Di Benedetto anda há vários anos na alta roda da modalidade, com lugar cativo na selecção gaulesa, mas completou "apenas" 24 anos em Maio. Em 2017, depois de quatro anos no La Vendéenne, chegou à espanhola OK Liga com apenas 20 anos para representar o Lleida. Em duas temporadas somaria 52 golos no principal campeonato do país vizinho e conquistaria consecutivamente a Taça CERS e a sua sucessora Taça WSE.

Quando Carlo deixou o Liceo, em 2019, para rumar ao Porto, "los verdes" chamaram os "outros" dois Di Benedetto. Bruno acabaria por regressar a Lleida no final da temporada, mas Roberto vingou.

Para além de dinamizar o jogo da equipa de Juan Copa, sendo um nato transportador de jogo, Roberto assinou 16 golos para a OK Liga na sua primeira temporada na Corunha e 17 na segunda. Esta época, em oito jornada, leva cinco tentos apontados.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade