Notícia

Benfica com vitória em Viana no regresso de Pablito

Jan 16, 2022

O Benfica venceu na visita à Juventude de Viana por 1-5, no regresso de Pablo Alvarez às pistas após lesão. O 'killer' bisou, servido por Nicolía, num jogo gerido de forma segura pelos encarnados. #PrimeiraDivisão

O Benfica venceu em Viana por 1-5 no encerramento da 15ª jornada.

Não podiam ser mais diferentes os estados de espírito de Juventude de Viana e Benfica para o jogo que marcou o encerramento da 15ª jornada da fase regular do Campeonato Nacional da I Divisão. Os vianenses vinham de seis derrotas consecutivas, a última, já em 2022, pesada, na pista do Parede, por 7-1. Já o Benfica, a completar um mês sem jogos para o campeonato, somara vinha de seis vitórias seguidas na prova.

Reinaldo Ventura, fiel ao seu princípio contra o duplo papel de treinador-jogador, continua de patins descalçados e, no Benfica, o regresso de Pablo Álvarez "empurrou" o jovem Zé Miranda para fora dos convocados. Mas o argentino começou no banco e seria Gonçalo Pinto - com um desvio em Remi Herman - a inaugurar o marcador bem cedo, ainda não estavam cumpridos quatro minutos.

O Benfica praticamente monopolizava a posse de bola e as oportunidades de golo, mas um remate de muito longe de Nelson Pereira acabaria por repor a igualdade aos oito minutos e meio. E os vianenses libertaram-se e o jogo abriu.

Na sua rotação de jogadores, entrando cedo os quatro jogadores que tinham começado no banco, o Benfica criava desequilíbrios nas arrancadas de Carlos Nicolía e, numa delas, o argentino serviu na perfeição o compatriota "Pablito" Alvarez para um golo a meia altura de belo efeito, na melhor maneira de assinalar o regresso às pistas.

A vantagem, tangencial, perdurou até ao intervalo, com Pedro Henriques a ganhar um duelo de grande penalidade ao gaulês Remi Herman.

Gerir com segurança

Na etapa complementar, o Benfica entrou praticamente a marcar, num excelente remate de meia distância de Edu Lamas, e crescia em confiança. Aos seis minutos, Andrés Castaño não aproveitou - depois de azul a Gonçalo Pinto - duas oportunidades de livre directo para se estrear a marcar neste campeonato, e a Juventude de Viana, tal como frente ao Parede, também não aproveitava a vantagem numérica. A segurança de Pedro Henriques era também decisiva no conter da reacção vianense.

O jogo estava aberto com a Juventude de Viana a procurar reduzir, e voltaria a vingar a ligação argentina entre Nicolía e Alvarez. Quase a papel químico do segundo golo, "Carlitos" serviu o "Killer de San Juan" para o 1-4 que, a menos de 10 minutos do final, praticamente sentenciava a partida.

Pablo Alvarez não jogava desde 27 de Novembro, quando jogou em Turquel, mas no regresso dos jogos após a paragem de um mês para o Europeu. Ou seja, alinhara apenas uma vez desde 25 de Outubro...

O Benfica geriu o resto da partida e selou o resultado a minuto e meio do fim, com Lucas Ordoñez a transformar o livre directo correspondente à 10ª falta vianense.

Numa ronda em que o Braga evitou um pleno de vitórias dos sete primeiros, o Benfica mantém-se em quinto, na peugada da Oliveirense. A Juventude de Viana não consegue fugir da zona de despromoção.

Fechada a 15ª jornada, a meio da semana haverá acerto de calendário. No dia 19, Marinhense e Parede fecham a 9ª jornada, Sporting e Juventude de Viana encerram a 13ª e o Paço de Arcos recebe o Braga numa das partidas em falta da 14ª. Também para a 14ª jornada, Sanjoanense e Benfica jogam na quinta-feira, dia 20.

15ª jornada

• Braga 4-4 Sporting • 15.Jan

• Sanjoanense 2-7 Óquei de Barcelos • 15.Jan

Porto 7-1 Turquel • 15.Jan

Tomar 7-0 Marinhense • 15.Jan

Oliveirense 7-3 Paço de Arcos • 15.Jan

Valongo 4-2 Parede • 15.Jan

• Juventude de Viana 1-5 Benfica • 16.Jan

Classificação

1º Porto (37 pontos), 2º Óquei de Barcelos (36), 3º Sporting* (32), 4º Oliveirense* (32), 5º Benfica* (30), 6º Tomar** (24), 7º Valongo* (21), 8º Braga* (19), 9º Paço de Arcos* (17), 10º Parede* (12), 11º Marinhense** (10), 12º Juventude de Viana* (10), 13º Turquel* (4), 14º Sanjoanense* (3)

*menos um jogo, **menos dois jogos

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade