Notícia

Sábado de 'jogos grandes' na Segunda Circular

Feb 11, 2022

A 18ª jornada tem dois 'jogos grandes' na Segunda Circular. Aos jogos de Sporting e Porto e de Benfica e Oliveirense foram chamadas duplas inéditas esta época, com um árbitro de cada associação dos intervenientes. #Arbitragem #PrimeiraDivisão

Na 18ª jornada da fase regular do Campeonato Nacional da I Divisão defrontam-se na Segunda Circular, em Lisboa, quatro dos cinco mais bem classificados, onde o Óquei de Barcelos continua intrometido entre os (ainda) maiores orçamentos de Porto, Sporting, Oliveirense e Benfica.

Esta temporada já houve 12 jogos "grandes", sendo de registar apenas um empate e apenas uma vitória forasteira, ambos a acontecerem em Oliveira de Azeméis, quando o Sporting dividiu lá pontos e quando o Óquei de Barcelos venceu (ou vencia quando o jogo foi interrompido...). De resto, vingou o "factor casa".

Porto no João Rocha

No João Rocha, Sporting e Porto voltam a encontrar-se cerca de dois meses depois da decisão da Taça Intercontinental. Na altura, na segunda mão, os leões venceram por 6-5, mas os dragões é que ergueram o troféu, em virtude do triunfo por 6-3 dois dias antes. Agora está em jogo a liderança no campeonato, com a equipa de Paulo Freitas dois pontos atrás do conjunto orientado por Ricardo Ares, vindo ambos de três vitórias consecutivas na prova.

A este Clássico foram chamados Pedro Silva e João Duarte, para uma dupla inédita esta temporada na prova. Pedro Silva foi o árbitro mais bem classificado na pretérita temporada, recebendo o galardão de "Árbitro do Ano", mas este ano ainda só esteve num jogo dos 12 realizados entre os cinco propalados candidatos ao título, entre Oliveirense e Benfica. Já João Duarte, esteve em quatro desses jogos maiores, incluindo duas partidas do Sporting e uma do Porto.

Na primeira volta, o Porto venceu por 9-5 quando os leões não sofriam tantos golos desde 2015...

Oliveirense na Luz

A 2.6 km e passadas cinco horas no relógio, o Benfica recebe a Oliveirense.

As águias não jogam na Luz há praticamente dois meses, desde 16 de Dezembro, e em 2022 ainda só realizaram duas partidas para o campeonato. Venceram a aflita Juventude de Viana, mas vêm de um empate frente ao lanterna-vermelha Sanjoanense. O jogo em São João da Madeira foi há já distantes 20 dias, "parando" depois a equipa de Nuno Resende em virtude de alguns casos positivos ao coronavírus. A Oliveirense vem de uma vitória frente ao Parede depois de ter perdido tangencialmente no João Rocha desfalcada de Marc Torra e Lucas Martinez.

Na primeira volta, a Oliveirense venceu por 5-4, na primeira derrota de uma "série negra" de três desaires consecutivos das águias, e uma vitória encarnada sobre a equipa de Oliveira de Azeméis não será suficiente para "roubar" o 4º lugar, mas as águias ficariam a um ponto e com um jogo a menos.

Para a Luz, a escolha dos árbitros obedeceu à "regra" do outro jogo grande, no João Rocha. Se na partida entre Sporting e Porto estará um árbitro de Lisboa e outro do Porto, entre Benfica e Oliveirense estará um árbitro de Lisboa e um de Aveiro. Os escolhidos são António Santos e Miguel Guilherme.

Numa outra dupla inédita, António Santos estreia-se em jogos grandes esta temporada, ao passo que Miguel Guilherme vai para o seu terceiro. O árbitro de Lisboa dirigiu, por exemplo, a Oliveirense frente ao Barcelos, em jogo de má memória que ficou (e continua) com sete minutos por jogar...

Barcelos, espectador, mas com teste difícil

Atento aos resultados dos jogos da Segunda Circular, o Óquei de Barcelos tem este sábado um teste que não se vislumbra nada fácil, na Linha de Cascais, frente ao Paço de Arcos. Os barcelenses atravessam um momento de menor fulgor, com uma derrota em Turquel e uma vitória tangencial sobre o Marinhense e "apenas" quatro golos marcados nestes dois jogos. Esta temporada, a equipa de Rui Neto nunca marcara tão pouco em dois jogos consecutivos.

Noutra "guerra", da manutenção, Marinhense e Turquel "lutam" na "cidade vidreira" por importantes três pontos, enquanto, face aos compromissos europeus de Valongo (6º) e Tomar (7º) - na Liga Europeia - e Juventude de Viana (11º) - na Taça WSE - três jogos ficam para quarta-feira. O Tomar desloca-se à Parede (10º), e Valongo e Juventude de Viana recebem, respectivamente, Sanjoanense (14º) e Braga (8º).

18ª jornada

• Sporting vs. Porto • 12.Fev • 15h • Pedro Silva e João Duarte

• Marinhense vs. Turquel • 12.Fev • 17h • Ricardo Leão e José Martins

• Paço de Arcos vs. Óquei de Barcelos • 12.Fev • 18h • Manuel Oliveira e Paulo Almeida

• Benfica vs. Oliveirense • 12.Fev • 20h • António Santos e Miguel Guilherme

• Valongo vs. Sanjoanense • 16.Fev • 18h30 • Rui Leitão e Rui Torres

• Parede vs. Tomar • 16.Fev • 21h • Ricardo Leão e José Martins

• Juventude de Viana vs. Braga • 16.Fev • 21h • Jerónimo Moura e Manuel Fernandes

Classificação

1º Porto (43 pontos), 2º Sporting (41), 3º Óquei de Barcelos (39), 4º Oliveirense* (35), 5º Benfica** (31), 6º Valongo* (27), 7º Tomar* (27), 8º Braga* (22), 9º Paço de Arcos (20), 10º Parede (13), 11º Marinhense* (11), 12º Juventude de Viana (10), 13º Turquel** (7), 14º Sanjoanense* (7)

*menos um jogo, **menos dois jogos

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade